Se encuentra usted aquí

Esporte e Cidadania

Balalo, ídolo do futebol, hoje é destaque nos Jogos do Sesi

O nome dele é Luis Carlos da Silva Maciel e trabalha há dois anos no setor de almoxarifado da Marcopolo S/A, de Caxias do Sul. Citado assim, é difícil reconhecer que se trata de Balalo, meia-esquerda que nos anos 80 foi ídolo no Internacional, de Porto Alegre, e com a camisa da seleção brasileira chegou a ser campeão mundial sub-20, na extinta União Soviética, em 1985.

 

Hoje, o atleta é destaque nos Jogos Nacionais do Sesi 2010, defendendo o time master de futebol sete de sua empresa na competição que se realiza na cidade de Bento Gonçalves. Uma pequena lesão na coxa tem atrapalhado, mas não o impediu de atuar e ajudar o time nas duas primeiras partidas do campeonato, um 5 a 0 sobre o Masa-AM, na quarta-feira, e outra goleada, por 4 a 1, sobre o Socimol-PI, no dia seguinte.

 

Balalo, que faz 45 anos em agosto, sonha com o título nos Jogos Nacionais do Sesi, para que seu time vá representar o Futebol Sete brasileiro no Mundial da Estônia, país vizinho à Rússia, onde há 25 anos foi campeão do mundo, ao lado de grandes ídolos como o goleiro Taffarel, o meia Silas − hoje técnico do Grêmio − e o atacante Muller.

 

Para ele a estrutura oferecida pela Marcopolo é excelente e "o campo de treinamentos da nossa Fundação é de dar inveja a muitos clubes da primeira divisão do futebol gaúcho". Uma razão a mais para sonhar com o primeiro lugar nesses Jogos Nacionais que reúnem 1.020 atletas de empresas de todo o País.

Acompanhe os resultados da competição no site.