Se encuentra usted aquí

CT Mecatrônica inaugura Laboratório Remoto

O real e o virtual nunca estiveram tão próximos. Desde terça-feira, dia 27 de fevereiro, no Centro Tecnológico de Mecatrônica Senai, em Caxias do Sul, funciona o laboratório remoto da unidade, criado com o objetivo de desenvolver e implementar um ambiente virtual de simulação e operação de equipamentos reais.

A estrutura de ambiente misto integra processos de simulação (virtual pela Internet) e experimentação controlada remotamente (laboratório real). Este uso de recursos da realidade virtual é pesquisado em diversos centros de excelência no Brasil e no exterior. Sistemas do gênero são utilizados por empresas de forma crescente, sempre em processos de integração do real com o virtual no desenvolvimento de projetos e também no monitoramento de plantas industriais a distância.

Universidades e escolas de formação profissional se beneficiam de ambientes de simulação e experimentação mistos, com grandes vantagens para os processos de aprendizagem. ''Isto permite uma democratização do ensino. Com o sistema, passa a ser possível que de qualquer lugar do planeta conectado à Internet, uma pessoa tenha a oportunidade de manipular equipamentos que só existem aqui em Caxias do Sul'', explica o professor Fabrício Campana.

Com o novo laboratório, os alunos da Mecatrônica terão a oportunidade de vivenciar por intermédio de trabalhos práticos a operação remota de equipamentos, aproximando assim o aprendizado das tendências mundiais na área de automação industrial. O projeto prevê nas suas próximas etapas o acesso de alunos e técnicos de outras escolas, centros de ensino e universidades ao laboratório. A parceria com a Universidade de Bremen, Alemanha, colocará os alunos em contato direto com inovações tecnológicas na área de automação e com as mudanças culturais impostas pela globalização crescente da indústria.

O laboratório faz parte do Projeto PJ-RS 0583 Laboratório Remoto - Ambiente Virtual Misto de Simulação e Operação Remota de Laboratório Real. Os parceiros do projeto são o Centro Tecnológico de Mecatrônica Senai, o Núcleo de Ensino a Distância do Senai-RS (Nead) e o Centro de Excelências em Tecnologias Avançadas do Rio Grande do Sul (Senai/Ceta), a Universidade Federal do Rio Grande do Sul (Ufrgs) e o ArtecLab da Universidade de Bremen. ''A união de tantas instituições altamente credenciadas mostra que é possível sim investir em educação e fazer dela um instrumento para que as desigualdades em nosso País sejam diminuídas'', comenta o diretor regional do Senai, José Zortéa.

A idéia do projeto surgiu da palestra realizada pelo professor Heinz Erbe, das Universidades de Bremen e de Berlim, durante uma visita ao CT Mecatrônica. Na palestra, o professor falou sobre o laboratório remoto de pneumática montado no Arteclab da Universidade de Bremen, surgindo assim o interesse pelos técnicos do CT Mecatrônica. Erbe esteve na solenidade de inauguração e não deixou de manifestar o orgulho com o início das atividades. ''Realmente é um orgulho poder presenciar o funcionamento deste laboratório. É muito bom quando as idéias se tornam realidade'', disse Erbe durante a solenidade.