Se encuentra usted aquí

Cultura

Concertos Sesi apresentam em 2007 atrações nacionais e internacionais

A programação dos Concertos Sesi oferece ao público atrações nacionais e internacionais em 2007. Obras de grandes mestres da música universal compõem o programa das orquestras e solistas que irão se apresentar no Teatro do Sesi, no ano de seu 10º aniversário. A temporada começa dia 25 de março, com As Quatro Estações, de Vivaldi, e as Quatro Estações Portenhas, de Astor Piazzolla, executadas pela Camerata Bariloche, destacada pela crítica por sua "técnica impecável e brilhante musicalidade". Os Concertos Sesi são uma iniciativa do Sistema FIERGS.

Até o final do ano, serão realizados nove concertos no teatro, sob a direção artística do pianista Miguel Proença. "Os Concertos Sesi são considerados como uma grife no Brasil. A programação cultural do Sesi é uma referência nacional", disse Proença, em entrevista coletiva na tarde desta quarta-feira, 28, na FIERGS.

Estão previstas apresentações de intérpretes consagrados e jovens talentos da música erudita nacional e internacional, como o violinista israelense Pinchas Zukerman e seu conjunto de câmara Zukerman ChamberPlayers, do Canadá. Assim como o mineiro Nelson Freire, apontado como um dos grandes pianistas do nosso tempo, o chinês Suhn Wang e o italiano Maurizio Baglini também irão tocar nos recitais das "Noites Pianísticas".

O diretor artístico anunciou que planeja implantar um processo de interiorização dos Concertos Sesi. A idéia é trazer público de outras cidades para assistir aos espetáculos na Capital no Teatro do Sesi, que no ano passado conquistou o Prêmio Caio 2006 de "Melhor Casa de Espetáculos do Brasil", em São Paulo.

A programação prevê também o conjunto de cordas suíço Festival Strings Lucerna, liderado pelo regente Achim Fiedler, e a Filarmônica de Câmara Alemã (Deutsche Kammer Filarmonic Neuss), sob a regência de Lavard Skou Larsen. O Coro de Câmara de Praga, da República Tcheca, com 24 de integrantes, também está confirmado.

El Amor Brujo, de Manuel de Falla, e o Concerto para Violino em Mi Menor, Op. 64, de Mendelssohn, serão executados pela Orquestra Sesi-Fundarte sob a regência do maestro Antônio Carlos Borges Cunha. O espetáculo conta com a participação da mezzo-soprano argentina Raquel Pierott e do violinista Moisés Bonella.

A série Concertos Sesi tem um programa de assinaturas com descontos no preço do ingresso e permite ao assinante escolher a localização de sua poltrona, que será a mesma em todos os espetáculos da série.