AV. ASSIS BRASIL, 8787, SARANDI, PORTO ALEGRE-RS | CENTRAL DE ATENDIMENTO 0800 51 8555 

Se encuentra usted aquí

investimentos

Cenários e oportunidades para a geração distribuída de energia com fontes renováveis estarão em debate durante fórum na Federação das Indústrias do Rio Grande do Sul (FIERGS), no dia 15 de agosto, às 8h30min, no Salão de Convenções da entidade, em Porto Alegre.

O empresário gaúcho acredita que a modernização trabalhista terá impacto positivo na geração de empregos e nos investimentos, revela a Sondagem Industrial Especial RS – Reforma Trabalhista do terceiro trimestre de 2017, divulgada nesta segunda-feira (18) pela Federação das Indústrias do Rio Grande do Sul (FIERGS). A consequência dessa atualização da legislação, segundo o levantamento, será uma maior segurança jurídica nas relações entre empresas e empregados, expectativa compartilhada por 75,2%.

Promover o carvão gaúcho e atrair investimentos para o Polo Carboquímico no Rio Grande do Sul é a finalidade do evento internacional Alternativas Sustentáveis do Uso do Carvão: Oportunidades do Complexo Carboquímico no Brasil – Marco Regulatório para Atração de Investimentos. O encontro ocorre nos próximos dias 29 e 30 de novermbro, na Federação das Indústrias do Rio Grande do Sul (FIERGS), em Porto Alegre. Integra uma série de iniciativas para atrair investidores e ampliar os relacionamentos com fundos de investimentos internacionais e agentes do setor.

A demanda interna insuficiente, segundo 49,4% dos empresários gaúchos consultados pela Sondagem Industrial divulgada pela Federação das Indústrias do Rio Grande do Sul (FIERGS), nesta quinta-feira (27), foi apontada como o principal limitador a um melhor desempenho do setor no segundo trimestre de 2017 no Estado. “A crise econômica que traz insegurança e reduz o consumo, afeta diretamente a indústria e mantém a cautela do empresário para investir.

Terminou nesta quinta-feira (8) a viagem da comitiva gaúcha para o Japão com o objetivo de estreitar relações comerciais e diplomáticas. A Federação das Indústrias do Rio Grande do Sul (FIERGS) participou dos encontros bilaterais liderados pelo governo do Estado, que busca novos investimentos e parcerias. A economia do país asiático é altamente industrializada, voltada para inovação e tecnologia, e responsável por 26,6% do Produto Interno Bruto (PIB).

Em retribuição à visita do presidente da FIERGS, Heitor José Müller, e do governador José Ivo Sartori, no mês passado, durante missão gaúcha à Europa, o presidente da região de Vêneto, Luca Zaia, esteve nesta quarta-feira (16) na Federação das Indústrias do Rio Grande do Sul.
A francesa Lactalis vai expandir o volume de processamento de leite no Rio Grande do Sul. A garantia foi obtida, nesta quinta-feira (20), em Paris, pelo governador José Ivo Sartori, em reunião com o diretor mundial de relações internacionais da empresa, Michel Nalet, e o diretor no Brasil, Guilherme Portella. O investimento total chega a R$ 104 milhões até 2017, e a meta é garantir mais 500 milhões de litros ao ano, além dos 900 milhões já produzidos atualmente no Estado.
 
Embora tenham apresentado queda na relação com o mês anterior, os índices de produção (47,5 pontos) e o de número de empregados (46,3), revelam que a expectativa dos empresários gaúchos para a economia avançou em julho, aponta a Sondagem Industrial, divulgada pela Federação das Indústrias do Rio Grande do Sul (FIERGS), nesta quarta-feira (24).
A incerteza econômica impediu os empresários gaúchos de cumprirem suas metas e menos da metade executou o investimento conforme o planejado em 2014. Diante da perspectiva de manutenção do mesmo quadro no País em 2015, a intenção de aplicar recursos em projetos é a menor nos cinco anos da pesquisa Investimentos na Indústria no RS – 2014, divulgada nesta terça-feira (10) pela Federação das Indústrias do Rio Grande do Sul (FIERGS).