Você está aqui

Cidadania

Ações dos Bancos Sociais viram modelo para a CN I

As iniciativas e atuação da Fundação Gaúcha dos Bancos Sociais (FGBS) na área da responsabilidade social viraram modelo para outras entidades. Tornaram-se referências

nacionais e sugeridas pela Confederação Nacional da Indústria (CNI) para serem implantadas nas demais Federações Industriais em 2013. "É bem verdade que 2012 foi sem dúvida um ano de muitos desafios para nossa administração, mas também um ano de grandes realizações e significativos resultados", destaca o diretor-superintendente da FGBS, Paulo Renê Bernhard.

Somente no exercício de 2012, por intermédio do Banco de Alimentos, que oferece apoio a 34 municípios gaúchos, foram arrecadados e distribuídos mais de 3,5 milhões de

quilos de gêneros alimentícios, beneficiando 800 instituições, ou 40 mil famílias por mês.

Também se destacou os 2 milhões de cliques pelo Clique Alimentos. "Passaporte para o Futuro" foi o principal

projeto do Banco de Livros, e que irá contemplar os 98 presídios e 26 unidades da Fase do Rio Grande do Sul. Em 2012, acabaram implantadas 75 bibliotecas nos presídios, e 10 na Fase. Somente em 2012, este Banco doou 52.109 livros para bibliotecas. Igualmente foi

destaque o título "Amigo do Livro", da Câmara Rio-Grandense do Livro. Na Feira do Livro de Porto Alegre, arrecadou 15 mil obras, com apoio da ONG Parceiros Voluntários.

Algumas das ações dos demais bancos em 2012: Mobiliários − produziu, restaurou e distribuiu 12.144 itens de mobiliários às instituições. Também formou 48 alunos no curso de capacitação profissional do Senai-RS. Computadores − restaurou e destinou 1.074 aparelhos para cursos de inclusão digital, além de capacitar 68 jovens e adultos junto com o Senai-RS. Voluntários − envolveu mais de 1,5 mil pessoas em todo o Estado. Materiais de Construção − empresas do ramo repassaram 16.986 itens para doação às instituições. Formou, ao lado do Senai-RS, 77 alunos no curso de capacitação profissional. Vestuários − doou 42.484 itens/ quilos às instituições beneficentes e grupos de artesãs e capacitou 79 alunos nos cursos com o Senai-RS. Tecido Humano-Pele − instalado na Santa Casa, teve 35 doadores.

Foram realizados 26 envios de pele para transplantes, totalizando 33.846,15cm quadrados para hospitais de Porto Alegre e em outros Estados. Resíduos − realizou inúmeras iniciativas e promoveu dez reuniões do Conselho. Deu seguimento, em parceria com o Senai/CNTL, ao projeto da Bolsa de Recicláveis, que conta com 10.115 empresas cadastradas e 179 anúncios. Gestão e Sustentabilidade − adotou novas tecnologias

e implantou um moderno ERP (Sistema de Gestão Integrado), que será distribuído para toda a Rede de Bancos de Alimentos. Refeições coletivas − estimulou à iniciativa a participação de empresas que servem

refeições coletivas. Projetos Comunitários − difundiu no meio empresarial a cultura de aproveitamento de recursos incentivados disponíveis para projetos sociais de interesse

das comunidades carentes. Órgãos e transplantes − promoveu palestras de sensibilização para a doação de órgãos.

Além disso, a FGBS ganhou prêmios como o Top Cidadania, da ABRH; e o Internacional Green Project Awards. O Banco de Alimentos recebeu a medalha de Responsabilidade Social da Assembleia Legislativa.

Veja mais

FIERGS 23/06/2016 às 14h54
Representantes de 11 empreendimentos assinaram na manhã desta quinta-feira (23), no Palácio Piratini, o incentivo do Fundo Operação Empresa (Fundopem)...
Saiba mais
FIERGS 22/06/2016 às 14h25
O Serviço Social da Indústria (Sesi) completa, em 1º de julho, 70 anos de atividades.
Saiba mais
FIERGS 21/06/2016 às 17h04
O presidente da FIERGS, Heitor José Müller, participou, nesta terça-feira (21), em Brasília, de audiência com o ministro da Fazenda, Henrique Meirelles,...
Saiba mais