Você está aqui

Bancos de Alimentos debatem ações contra a fome e a desnutrição

O IV Encontro de Bancos de Alimentos reuniu na sede da FIERGS, na segunda-feira (17), representantes de entidades empresariais e assistenciais, indústrias e universidades para alinhar e aprimorar as ações que atendem mensalmente mais de 40 mil pessoas de baixa renda no Estado. De acordo com o presidente da FIERGS, Heitor José Müller, a quarta edição do evento "consolida o êxito da visão de responsabilidade social da indústria gaúcha, de criar estruturas que transformam o desperdício em benefício às comunidades carentes".

Para o coordenador do Conselho de Cidadania da FIERGS, Jorge Buneder, a iniciativa tem "uma capacidade ilimitada de crescer e resolver os problemas de nutrição da população". Segundo ele, nos dez anos de atuação do Banco de Alimentos já foram arrecadados e distribuídos 16 milhões de quilos de gêneros alimentícios, que representam 49 milhões de refeições. "Somos capazes de mudar a triste realidade de inúmeras pessoas. Para isso, é preciso apenas passar rapidamente do discurso para a ação", concluiu, lembrando que Confederação Nacional da Indústria (CNI) irá levar a experiência gaúcha para todas as regiões do País.

A Rede Banco de Alimentos RS possui 17 unidades, sendo uma no Rio de Janeiro e outra em São Paulo, e juntas recolhem, separam e doam mensalmente 370 toneladas de produtos para 803 entidades. Também fazem parte da Rede 87 núcleos de entidades associadas. Os participantes do IV Encontro de Banco de Alimentos debateram ainda sobre questões como metodologia de trabalho, aspectos jurídicos e contábeis, técnicas de comunicação e marketing, normas e procedimentos de nutrição, logística e captação de recursos.

Veja mais

FIERGS 7/12/2016 às 15h48
As indústrias precisam estar atentas às normas de rotulagens de alimentos.
Saiba mais
FIERGS 7/12/2016 às 14h33
O Torneio de Robótica First Lego League, organizado pelo Serviço Social da Indústria (Sesi-RS), terá a grande final neste sábado, a partir das 9h, na...
Saiba mais
FIERGS 6/12/2016 às 14h37
A atual capacidade ociosa nas linhas de produção, os baixos níveis de estoque e a força exportadora colocam o setor industrial em uma posição decisiva...
Saiba mais