AV. ASSIS BRASIL, 8787, SARANDI, PORTO ALEGRE-RS | CENTRAL DE ATENDIMENTO 0800 51 8555 

Você está aqui

Calçadistas solicitam prorrogação do crédito presumido do ICMS ao governo gaúcho

Liderança

Solicitar a prorrogação do benefício do crédito presumido de 2% no ICMS para vendas interestaduais do setor calçadista, que vence em 31 de maio. Esse foi o objetivo da reunião entre o presidente da FIERGS, Heitor José Müller, representantes do setor, com o governador Tarso Genro. O incentivo, que segundo os empresários impulsionou as vendas deste ano até o momento, foi concedido pelo governo do Rio Grande do Sul no dia 9 de janeiro. A medida visa à aproximação com a alíquota cobrada em outras unidades da Federação, devolvendo competitividade aos produtores gaúchos no mercado interno. "O benefício auxiliou os calçadistas a terem um fôlego maior para competir com Estados de alíquotas menores. É uma unanimidade no setor a importância da manutenção", avaliou presidente-executivo da Associação Brasileira das Indústrias de Calçados (Abicalçados), Heitor Klein.

O governador solicitou à Secretaria da Fazenda um estudo técnico sobre os efeitos do benefício tanto para as empresas quanto para o Estado. "Estamos realizando ajustes no sistema de arrecadação e temos percebido que a receita tem se mantido, mas é algo que precisamos medir a todo o momento", avaliou Genro. A expectativa é ter uma resposta até a próxima quarta-feira (22), cinco dias antes do início do Salão Internacional do Couro e do Calçado (SICC), em Gramado, entre 27 e 29 de maio. A ideia dos calçadistas é de que o benefício seja aproveitado já para o cálculo dos preços no evento.