Você está aqui

Liderança

CNI promove Encontro da Indústria com os Presidenciáveis

A Confederação Nacional da Indústria (CNI) reunirá no dia 25 de maio, em sua sede, em Brasília, os pré-candidatos à Presidência da República Dilma Rousseff, José Serra e Marina Silva. No encontro serão debatidas as propostas do setor industrial brasileiro para o crescimento econômico e o desenvolvimento do País, estabelecidas no documento "A Indústria e o Brasil − Uma Agenda para Crescer Mais e Melhor", para o período 2011-2014. A instituição mantém a tradição, inaugurada nas eleições presidenciais de 1998, de entregar aos candidatos sugestões de políticas e propostas para melhorar o desempenho da economia.

O vice-presidente da CNI e presidente da Federação das Indústrias do Rio Grande do Sul (FIERGS), Paulo Tigre, será um dos nove empresários que irão fazer perguntas. O industrial, que também preside o Conselho Temático de Integração Internacional da CNI, irá questionar um dos candidatos sobre o comércio exterior.

O documento da CNI aos presidenciáveis faz um diagnóstico e aponta soluções para 12 áreas de atuação: segurança jurídica, macroeconomia do alto crescimento (investimentos), tributação e gasto público, financiamento, relações do trabalho, infraestrutura, educação, inovação, comércio exterior, meio ambiente, burocracia e micro e pequena empresa. O evento será transmitido ao vivo pela internet, das 9h às 14h, pelo site www.presidenciaveis.cni.org.br.

Veja mais

FIERGS 27/05/2016 às 15h39
O presidente da FIERGS, Heitor José Müller, foi homenageado na manhã desta sexta-feira com a medalha Mérito da Panificação durante a 68ª Convenção...
Saiba mais
FIERGS 25/05/2016 às 17h02
Nesta quarta-feira (25), data em que se comemora o Dia Nacional da Indústria, o presidente da Federação das Indústrias do Rio Grande do Sul (FIERGS),...
Saiba mais
FIERGS 23/05/2016 às 17h26
 Com expectativa da visita de 200 importadores de 46 países, iniciou nesta segunda-feira (23) o 25º Salão Internacional do Couro e do Calçado (SICC), em...
Saiba mais