Você está aqui

Congresso internacional reúne especialistas em gestão humana nas organizações

O Centro de Eventos FIERGS recebeu mais de 7 mil pessoas durante o 11º Congresso Internacional de Gestão e a 15ª edição do Prêmio Qualidade RS, organizado pelo Programa Gaúcho da Qualidade e Produtividade(PGQP), entre os dias 19 e 21 de julho. Na edição deste ano, o evento consagrou-se como o maior do planeta na área da Qualidade.

Na edição de 2010, o Seminário abordou o tema Gestão Humana: os Caminhos da Liderança Humana, que reuniu lideranças empresariais, governantes e especialistas para tratar de oportunidades de inovação e melhoria dos processos de gestão nas organizações, a partir de ações inovadoras e transformações. "Há um capital humano diferenciado no Rio Grande do Sul. Por isto, temos certeza que a educação é o nosso grande desafio e que será um dos focos do PGQP em suas próximas edições para que possamos continuar nesta trajetória de sucesso", comentou o presidente do Conselho Diretor do PGQP, Ricardo Menna Barreto Felizzola.

Palestrantes como Adjiedj Bakas, Venkat Rasmawany, Hubert Rampersad, Henrik Langholf e Lama Padma Samten abordaram assuntos desde o futuro do capitalismo até à inovação emocional. Ainda houve workshops e visitas técnicas a empresas da Grande Porto Alegre e dos Vales do Taquari e do Caí. "O PGQP é uma lição de que não adianta se discutir os motivos dos problemas, mas buscar soluções e alternativas. O evento é uma grande aula de inovação", ressaltou o presidente da FIERGS, Paulo Tigre, que participou do evento.

Tags: 

Veja mais

FIERGS 16/02/2017 às 16h15
A segunda fase do Projeto Carboquímico Integrado no Estado foi concluída nesta quinta-feira (16) com a apresentação, na Federação das Indústrias do Rio...
Saiba mais
FIERGS 16/02/2017 às 15h26
As oportunidades para que as indústrias efetivem estratégias de internacionalização com sucesso precisam de investimentos e acertos.
Saiba mais
FIERGS 16/02/2017 às 15h18
O ano de 2017 começa com aumento nas exportações do Rio Grande do Sul.
Saiba mais