Você está aqui

Conhecendo a Indústria visita o Vale do Caí

Durante esta sexta-feira aconteceu a oitava edição do Programa Conhecendo a Indústria, criado pelo Sistema FIERGS para apresentar a realidade do setor fabril gaúcho a integrantes do Poder Judiciário e do Ministério Público. Depois de mostrar, em outras edições, o funcionamento de empresas da Serra Gaúcha, Vale do Sinos e Grande Porto Alegre, desta vez a iniciativa foi ao Vale do Caí, na cidade de Montenegro. "Esta é uma experiência de sucesso. Tanto que foi apresentada na Confederação Nacional da Indústria", comentou o presidente do Sistema FIERGS, Paulo Tigre, que participou do dia de atividades.

A comitiva de 24 pessoas foi formada por integrantes do Poder Judiciário Federal e Estadual, Ministério Público Federal e Estadual, Justiça do Trabalho, além de diretores do Sistema FIERGS e presidentes de sindicatos industriais. O grupo visitou as empresas Tanac, que fabrica extratos vegetais a partir de acácia negra; Redolfi, que faz artefatos de couro; e a Sulmix, que produz cosméticos. A programação incluiu ainda visitas às unidades do Sesi e do Senai e uma palestra sobre a avicultura, que é uma das forças da economia do município, com as empresas Agrogen, Novagro e Doux Frangosul.

A primeira empresa a ser visitada foi a Tanac. A indústria fundada em 1948 produz desde taninos para artefatos em couros até cavacos de madeira, ostentando o status de maior plantadora individual de acácia negra do mundo. "Para nós é uma satisfação poder mostrar nossa estrutura e como funciona a nossa produção. Foi uma experiência muito boa", comentou o diretor-superintendente da empresa, Otávio Guimarães Decusati.

Para a desembargadora da 4ª Região do Tribunal Regional do Trabalho, Vânia Mattos, que esteve pela quarta vez no Conhecendo a Indústria, a oportunidade é única, tanto que ela leva até uma câmera fotográfica nas incursões. "É muito bom porque se conhece a realidade do trabalho. Eu pude ver a realidade de vários setores industriais", ressalta ela. Outro integrante do grupo foi o procurador-geral da República Marcus Vinícius Aguiar Macedo. Pela segunda vez participante da atividade, ele é sempre um dos mais curiosos em relação ao funcionamento dos sistemas de produção. As preocupações das empresas com a sustentabilidade lhe chamam a atenção. "Como também sou professor de direito ambiental, é importante ver e entender esta questão. Algumas experiências que enxerguei são realmente fantásticas", comentou.

Veja mais

FIERGS 23/03/2017 às 19h04
A indústria brasileira que atua como fornecedora para a cadeia produtiva de petróleo e gás não concorda com a determinação do governo federal em alterar...
Saiba mais
FIERGS 23/03/2017 às 14h45
A regulamentação do projeto de terceirização aprovado, na quarta-feira (22), pela Câmara de Deputados, dá segurança jurídica às empresas e protege o...
Saiba mais
FIERGS 23/03/2017 às 12h45
Na próxima quinta-feira (30), o Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial do Rio Grande do Sul (Senai-RS) inaugura duas novas unidades em Panambi (10h...
Saiba mais