AV. ASSIS BRASIL, 8787, SARANDI, PORTO ALEGRE-RS | CENTRAL DE ATENDIMENTO 0800 51 8555 

Você está aqui

Desenvolvimento precisa de educação

Educação

A importância da educação foi o tema do presidente do Conselho de Administração da Tramontina, Clóvis Tramontina (foto ao lado), na aula inaugural da Educação para Jovens e Adultos do Sesi-RS, realizada na noite de quinta-feira (22), no Teatro do Sesi, em Porto Alegre. “A evolução tecnológica é fantástica e a demanda por pessoas preparadas também é fantástica”, afirmou ele, destacando que o problema do País é a falta de educação. Ele lembrou que o desenvolvimento está sempre ligado à educação e destacou que sua empresa teve o apoio do Senai e das universidades da região que capacitaram pessoas para trabalhar. O vice-presidente do Sistema FIERGS, Gilberto Ribeiro (foto abaixo), que representou o presidente Gilberto Porcello Petry, ressaltou o trabalho dos empresários que “lutam por suas empresas. Lembrem que são as empresas que geram os empregos. É assim que gira a economia: sem empresas, não existe trabalho, nem renda e nem evolução social”, salientou. Ribeiro declarou ainda que uma indústria para se perpetuar e crescer precisa, além de máquinas, pessoas preparadas e qualificadas e “é por isso que a FIERGS investe no funcionamento e na modernização do Sesi e do Senai”.

Os mais de 1,5 mil alunos presentes ao teatro dos polos de Porto Alegre, Lajeado, Gravataí, Novo Hamburgo, Canela, Igrejinha e Parobé integram a rede de 16 polos que somam mais de 6 mil alunos. Os estudantes precisam ter 18 anos ou mais e é gratuito para trabalhadores da indústria. A meta este ano é alcançar 10,9 mil alunos em todo o Rio Grande do Sul (também contam com polo Erechim, Caxias do Sul, Pelotas, Passo Fundo, Farroupilha, Bagé, Rio Grande, Farroupilha e Guaporé). “A presença de um número tão expressivo de alunos, provenientes de diferentes regiões do Estado e de diferentes polos e escolas do Sesi, nos ajuda a entender a importância que este serviço representa no contexto da educação do Rio Grande do Sul”, afirmou o secretário estadual de Educação, Ronald Krummenauer. Ele agradeceu o trabalho que vem sendo realizado pelo Sistema FIERGS “nos diferentes níveis educacionais”, e ressaltou a importância da parceria de instituições públicas e privadas “para que possamos vencer esses desafios”.  O superintendente regional do Sesi, Juliano Colombo, ao falar “à maior sala de aula do Estado” enfatizou o exemplo dos estudantes que precisam ter “vontade, disciplina e atitude” para estudar após um dia de jornada de trabalho. “Mas para evoluir, precisamos deste foco”.


 

A aula inaugural contou ainda com a participação da gerente de Educação do Sesi-RS, Sônia Bier, que explicou que o diferencial da metodologia é que visa ao mundo do trabalho e à solução de problemas. “Todos os assuntos em sala de aula são contextualizados no mundo do trabalho. Isto faz com que o aluno perceba a aplicabilidade do conhecimento e o auxilie no encontro de soluções a medida que problemas apareçam no seu ambiente de trabalho”, explica. Sônia conta que a intenção é que o sentido do conhecimento fique muito claro e que ele consiga com isso auxiliar o próprio Sesi. “As aulas se tornam mais dinâmicas, mais dialogadas. Assim construímos um ambiente em que todos conseguem a aprender”, concluiu. 


Crédito foto: Dudu Leal