Você está aqui

Empresas brasileiras devem mudar sua contabilidade para o padrão internacional

As empresas brasileiras precisarão implantar um novo sistema de contabilidade para ficar de acordo com o padrão internacional. As novas regras obrigatórias foram sancionadas pelo governo federal e entrarão em vigor em 2010. As modificações afetarão todas as empresas, independente do seu porte, do tipo de operação comercial e da sua composição societária. Os reflexos das mudanças estão sendo debatidos nesta terça-feira ( dia 13) durante seminário realizado pela Federação das Indústrias do Rio Grande do Sul (FIERGS), na sede da entidade, em Porto Alegre. O evento é voltado a diretores e administradores de empresas, economistas, contadores, profissionais da área jurídica e financeira.

O Conselho Técnico de Assuntos Tributários, Legais e Financeiros da FIERGS promove o evento com o objetivo de apresentar e esclarecer a aplicação da Lei número 11.638/07, que introduziu alterações na Lei nº 6.404/76 para instituir no Brasil um sistema contábil compatível com as Normas Internacionais de Contabilidade (NIC). Outra aplicação que estará na pauta é o Regime Tributário de Transição (RTT), instituído através da Medida Provisória nº 449/2008, transformada na Lei 11941/09, que traz os ajustes tributários a serem feitos pelas pessoas jurídicas, a fim de evitar conflitos com os novos métodos e critérios contábeis.

As novas regras de contabilidade causam profundas modificações na forma de expressar os valores do patrimônio, atingindo diretamente a apresentação do Balanço Patrimonial. Também exigirá alterações no planejamento estratégico das empresas, nos valores patrimoniais, na apuração do Imposto de Renda, na apropriação de custos, dentre outros.

A determinação de adotar o padrão internacional está relacionada com a expansão dos mercados e a globalização da economia. Isso porque surge a necessidade da elaboração de demonstrações contábeis baseadas em critérios uniformes e homogêneos, de forma que os gestores, investidores e analistas de todo o mundo possam utilizar informações transparentes, confiáveis e comparáveis, nos processos de tomadas de decisões.

Veja mais

FIERGS 16/01/2017 às 16h21
A produção industrial gaúcha surpreendeu no mês de novembro, e com 51,1 pontos cresceu em relação a outubro, contrariando a sazonalidade negativa do...
Saiba mais
FIERGS 12/01/2017 às 15h22
O ano de 2016 fechou com as exportações em queda no Rio Grande do Sul. Ao somarem um total de US$ 16,6 bilhões no acumulado dos 12 meses, caíram 5,4% em...
Saiba mais
FIERGS 12/01/2017 às 9h35
Uma comitiva chinesa esteve na FIERGS, nesta quarta-feira (11), recebida pelo coordenador do Conselho de Relações Internacionais e Comércio Exterior (...
Saiba mais