Você está aqui

Federações entregam na Assembleia Legislativa documento contrário ao índice de reajuste do piso regional

Representantes da FIERGS, Farsul, Fecomércio, FCDL, SindiPoa e da Federação das Santas Casas e Hospitais Beneficentes, Religiosos e Filantrópicos do RS, se reuniram com o presidente Assembleia Legislativa do Estado, Pedro Westphalen, para entregar um documento no qual apresentam razões para divergirem do índice de reajuste do piso salarial regional proposto pelo governo gaúcho. "As expansões salariais que não se pautam em ganhos de produtividade reduzem a competitividade, uma vez que aumentam os custos de produção, elevam os preços, geram inflação e, consequentemente, prejudicam o poder de compra do trabalhador", avaliou o presidente da FIERGS, Heitor José Müller.

A proposta de reajuste encaminhada à Assembleia Legislativa pelo governo do Estado é de 12,75%. O índice é bem acima dos 5,3% proposto pelas federações empresariais, que diminui o desempenho do setor produtivo gaúcho, tanto em relação ao mercado interno quanto externo.

A sugestão das entidades empresariais tem como base o Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC), calculado no intervalo entre fevereiro deste ano e o mês anterior à data-base de alteração. Os empresários também aguardam a manutenção da data prevista de 1º de fevereiro para a incidência do reajuste. Para fins de comparação, desde 2008 o piso regional terá sido aumentado em 81,8%.

O documento ainda lembra que o Rio Grande do Sul perdeu posições no PIB brasileiro e nos rankings de qualidade de vida nos últimos anos, e que o horizonte não mostra mudanças. Westphalen se comprometeu a encaminhar o material para conhecimento dos demais deputados.

Veja mais

FIERGS 22/07/2016 às 12h59
 O Serviço Social da Indústria (Sesi) é a instituição mais lembrada no Brasil quando o assunto é saúde e segurança do trabalho.
Saiba mais
FIERGS 22/07/2016 às 12h52
O Senai-RS conquistou ouro (Tecnologia de Midia Impressa – Murilo Antunes da Silva, na foto), prata (Eletricidade Industrial – Gabriel Mendes) e bronze (...
Saiba mais
FIERGS 21/07/2016 às 14h52
Data de 1956 o registro da chegada dos primeiros japoneses ao Rio Grande do Sul, especialmente para atuar na agricultura. Hoje, são 1,8 milhão de...
Saiba mais