Você está aqui

FIERGS e governo federal incentivam a diversificação da agroenergia

O presidente do Sistema FIERGS, Paulo Tigre, e o ministro do Desenvolvimento Agrário, Guilherme Cassel, firmaram nesta quinta-feira (6), um termo de cooperação para implementar projetos voltados à diversificação produtiva para a agroenergia na propriedade rural. A iniciativa prioriza estudos integrados da produção de etanol e de alimentos e vai ao encontro da avaliação da ministra-chefe da Casa Civil, Dilma Roussef, sobre o potencial de ganhos do Rio Grande do Sul com o setor.

Para Dilma, o Estado deve investir na produção da cana-de-açúcar e diversificar a matriz de oleoginosas e aproveitar sua vocação na indústria metal-mecânica direcionando-a para atender as demandas que já estão surgindo por conta das energias renováveis. O convênio foi firmado no encerramento do Simpósio Estadual de Agroenergia e da 2ª Reunião Técnica Anual de Agroenergia-RS. O evento teve promoção da Embrapa Clima Temperado, em parceria com a Emater/RS/Ascar, Fepagro e o Sistema FIERGS, em Porto Alegre, entre 4 e 6 de novembro.

A ministra-chefe da Casa Civil prometeu que até dezembro será divulgado os estudos que estão sendo realizados pela Embrapa sobre o zoneamento da área que poderá ser utilizada no Estado para o cultivo da cana-de-açúcar. Segundo ela, uma pré-avaliação poderá ser anunciada ainda este mês. "Estamos na fase final das discussões em torno da pesquisa. E, posteriormente este debate será levado à sociedade", garantiu. Na ocasião, ela também voltou a declarar que o Brasil não sofrerá grandes efeitos por conta da nova crise mundial.

Sobre o termo de cooperação firmado, o presidente da FIERGS afirmou que o desenvolvimento da agricultura e da energia terá sempre o comprometimento da entidade, através do Instituto Euvaldo Lodi (IEL-RS) uma vez que esta combinação de setores é "um dos segmentos que compõem a nova economia do Rio Grande do Sul que reúne atividades de ponta voltadas para o futuro. Nesse momento em que tanto se fala em crise internacional estamos trabalhando com uma visão a longo prazo". "Este é um momento que se busca oportunidades e se procura firmar estratégias. Temos o desafio contemporâneo de construir uma matriz energética fundamentada na produção e na segurança alimentar e na sustentabilidade do meio ambiente", finalizou o ministro do Desenvolvimento Agrário (MDA), Guilherme Cassel.

Veja mais

FIERGS 22/07/2016 às 12h59
 O Serviço Social da Indústria (Sesi) é a instituição mais lembrada no Brasil quando o assunto é saúde e segurança do trabalho.
Saiba mais
FIERGS 22/07/2016 às 12h52
O Senai-RS conquistou ouro (Tecnologia de Midia Impressa – Murilo Antunes da Silva, na foto), prata (Eletricidade Industrial – Gabriel Mendes) e bronze (...
Saiba mais
FIERGS 21/07/2016 às 14h52
Data de 1956 o registro da chegada dos primeiros japoneses ao Rio Grande do Sul, especialmente para atuar na agricultura. Hoje, são 1,8 milhão de...
Saiba mais