Você está aqui

Fishlow afirma que Brasil precisa aumentar poupança para investir mais

O economista norte-americano Albert Fishlow afirmou esta tarde, na sede da FIERGS, que o Brasil precisa aumentar a poupança nacional para poder investir em infraestrutura e em Ciência e Tecnologia sem depender de capital estrangeiro. "O País deve diminuir o gasto público para ter poupança e poder investir em parcerias público-privadas", salientou. Fishlow participou do 3º Meeting de Economia, promovido pelo Sistema FIERGS, por meio do IEL-RS, e lembrou que ainda é preciso agregar valor às exportações. "Para sustentar a indústria do País deve-se avançar na área de tecnologia, aumentando o valor agregado", destacou. "Os industriais necessitam rever custos, buscar acesso a novas tecnologias e usá-las para aumentar as exportações".

Professor emérito na Universidade Columbia e na Universidade da Califórnia em Berkeley e doutor pela Universidade Harvard, o economista ressaltou que a participação do Brasil no comércio mundial é de apenas 1,8%. "As possibilidades de aumentar esta participação são grandes se tiver mais capacidade de concorrer", enfatizou, "o que se faz por meio da inovação de novas tecnologias".

Fishlow que em 2011 lançou o livro "O Novo Brasil" disse que o aumento do consumo, principalmente da Classe C, não pode ser considerada uma política. "São necessárias outras estratégias", disse. Ele ainda afirmou que todos os setores devem ser beneficiados com as políticas industriais. "O setor público deve acabar com o déficit fiscal e começar a poupar. Uma forma de iniciar é com a reforma da previdência". O evento foi mediado pelo ex-presidente da FIERGS, Luiz Carlos Mandelli.

Tags: 

Veja mais

FIERGS 19/01/2017 às 11h17
Uma pesquisa encomendada pela Federação das Indústrias do Rio Grande do Sul (FIERGS) junto ao Instituto Methodus, divulgada nesta quinta-feira (19),...
Saiba mais
FIERGS 18/01/2017 às 14h58
O Índice de Desempenho Industrial (IDI-RS) voltou a crescer em novembro de 2016, na comparação com o mês anterior, feito o ajuste sazonal.
Saiba mais
FIERGS 16/01/2017 às 16h21
A produção industrial gaúcha surpreendeu no mês de novembro, e com 51,1 pontos cresceu em relação a outubro, contrariando a sazonalidade negativa do...
Saiba mais