AV. ASSIS BRASIL, 8787, SARANDI, PORTO ALEGRE-RS | CENTRAL DE ATENDIMENTO 0800 51 8555 

Você está aqui

Indústria brasileira pede agilidade no acordo entre Mercosul e União Europeia

Economia
 
No encerramento do 34º Encontro Econômico Brasil Alemanha (EEBA), na terça-feira (18), na cidade de Weimar, o presidente da Confederação Nacional da Indústria (CNI), Robson Braga de Andrade, reiterou o pedido de agilidade para o fechamento de um acordo de zona de livre comércio entre o Mercosul e a União Europeia. Andrade já havia abordado o tema na abertura do evento, na segunda-feira. A intenção da CNI é que acordo seja concluído até o ano de 2018. Mais de 500 empresários participaram nos dois dias do EEBA. O presidente da Federação das Indústrias do Rio Grande do Sul (FIERGS), Heitor José Müller, convidou alemães e brasileiros a participarem da 35ª edição do Encontro, que ocorre em novembro de 2017, na sede da entidade.
 
Além de Braga e Müller, o 34º Encontro Econômico Brasil-Alemanha contou, na missão empresarial , com os vice-presidentes da FIERGS Cezar Luiz Müller, Gilberto Porcello Petry e Humberto César Busnello; os diretores da FIERGS Edilson Luiz Deitos e Thômaz Nunnenkamp; e os diretores do Centro das Indústrias do Rio Grande do Sul (CIERGS) Cláudio Guenther e Marcus Coester.  O EEBA é organizado pela CNI e a entidade empresarial alemã BDI, em parceria com a Câmara de Comércio Brasil Alemanha (AHK).
 
Leia mais: