Você está aqui

Inteligência se mede pelo número de incertezas que uma empresa pode suportar

As empresas devem estar preparadas para instabilidades e impermanências. Quanto mais leve for a organização, cultura de custos − não mais redução de custos- com a busca de pilares de permanência, mais facilmente ela poderá se adaptar às constantes transformações. Isto vale também para o profissional. A afirmação é da fundadora da DCO- Gestão de Carreiras, Ligia Nery da Silveira, que participou na manhã desta quinta-feira, 18, do encontro Diálogos para o Futuro, promovido pelo Sistema FIERGS, por meio do IEL-RS. Ela destacou que é muito importante que o profissional goste do que faz. "Este será o diferencial competitivo dele", destacou. Conforme o diretor executivo de Recursos Humanos para a Dell Computers América Latina, Paulo Amorim, as organizações que entenderem isto e buscarem profissionais com estas habilidades terão mais chance de construir um futuro sólido, apesar das incertezas.

Ele lembrou que houve uma grande transformação com relação há alguns anos em gestão de RH. "Vai chegar o dia em que numa seleção vamos apenas perguntar − O que te faz feliz? Com esta resposta poderemos saber se este profissional poderá trabalhar de forma satisfatória na empresa", resumiu. Ao concordar com Amorim, Ligia ressaltou que o profissional feliz no trabalho fará com que ele permaneça na empresa. "É isto que vai criar os pilares de permanência", disse Ligia. Com mediação da gestora de Recursos Humanos da Stihl Brasil Ferramentas, Karin Leitzke, os debatedores ainda falaram da importância da confiança em gestão. "Um profissional tem que ter coragem de se posicionar e trazer este viés para a empresa, ajudando a organização a viver este processo", disse Amorim. Neste contexto, segundo ele, o gestor deve ter confiança na equipe, respeito e responsabilidade. "O gestor deve inspirar a equipe, ser educador", acrescentou.

Veja mais

FIERGS 28/07/2016 às 16h28
A Sondagem Industrial de junho, divulgada nesta quinta-feira (28) pela Federação das Indústrias do Rio Grande do Sul (FIERGS), revela uma retração no...
Saiba mais
FIERGS 25/07/2016 às 15h15
 O cenário de crise econômica no Brasil, que torna o crédito mais caro e restrito e, consequentemente, cria grandes entraves para a obtenção de capital...
Saiba mais
FIERGS 22/07/2016 às 12h59
 O Serviço Social da Indústria (Sesi) é a instituição mais lembrada no Brasil quando o assunto é saúde e segurança do trabalho.
Saiba mais