Você está aqui

Manutenção dos juros no menor patamar contribui para a retomada da competitividade da indústria, afirma FIERGS

"A decisão de manter os juros no menor patamar já visto no Brasil é, sem dúvida, muito importante para reduzir os custos do crédito e reanimar os investimentos e a demanda interna", afirmou o presidente da Federação das Indústrias do Rio Grande do Sul (FIERGS), Heitor José Müller, nesta quarta-feira (28), ao avaliar a decisão do Comitê de Política Monetária (Copom) do Banco Central, que manteve a Selic em 7,25% ao ano.

De acordo com o presidente da FIERGS, "os esforços agora devem estar focados na diminuição do endividamento do governo para que as taxas de juros se mantenham baixas e possam chegar aos consumidores finais e às empresas". Müller lembrou que a atividade industrial gaúcha acumula perdas de 0,6% nos primeiros nove meses deste ano, em comparação com o mesmo período de 2011. A ociosidade nos parques fabris ainda está elevada: as horas trabalhadas na produção e a utilização da capacidade instalada somam quedas de 3,2% e 1,3%, respectivamente, em 2012.

Tags: 

Veja mais

FIERGS 1/12/2016 às 18h39
O presidente da Federação e do Centro das Indústrias do Rio Grande do Sul, Heitor José Müller, anunciou, nesta quinta-feira, o nome do sucessor para a...
Saiba mais
FIERGS 1/12/2016 às 18h21
As perspectivas do comércio internacional a partir de acordos como a Parceria Transpacífico (TPP), negociado entre Estados Unidos e 11 países do Pacífico...
Saiba mais
FIERGS 30/11/2016 às 18h53
“A redução na taxa de juros já era esperada. Entretanto, acreditamos que essa queda poderia ter sido maior.
Saiba mais