Você está aqui

Mercado de capitais é tema de workshop

O caminho para as empresas terem inovação e competitividade é o mercado de capitais. A ideia foi defendida pelo coordenador do Conselho de Inovação e Tecnologia da FIERGS e vice-presidente do CIERGS, Ricardo Felizzola, no workshop Captação de Recursos via Mercado de Capitais, realizado dia 2 de abril, na sede FIERGS. O evento, promovido pela FIERGS e IEL-RS, buscou mostrar o mercado de capitais como aliado para captação de recursos e expansão de negócios. Ele explicou que a necessidade de inovação vai além de gestão e governança. "A chave desta questão não é a ciência e a tecnologia, mas o poder de investimento", lembrou ele, destacando que o mercado de capitais se abre como uma solução importante para a captação de recursos.

A gerente de captação de empresas da BM&FBovespa, Edna Holanda, salientou que o mercado de capitais também é um caminho para perpetuar uma empresa. "São três possibilidades: abertura de capitais, private equity ou continuar fechado", explicou ela. Conforme ela, o empresário que abre o capital pode ter um crescimento mais acelerado e passa a dividir o controle da empresa com os acionistas. "Quem cresce com recursos próprios, concentra as decisões no dono, mas tem um limite menor de caixa, experimenta um crescimento mais vagaroso e concentra mais riscos", disse.

Felizzola ainda falou sobre o case da Altus S.A., do qual é presidente do Conselho e o sócio fundador da Consultoria Heartman House, Victor Báez, abordou a preparação da empresa para atrair investidores e lidar com a entrada de novos sócios no negócio. O gerente jurídico da BNDESPar, Bruno Aranha, falou do Private Equity: desmistificando a relação dos fundos de investimento e as empresas investidas.

Veja mais

FIERGS 22/07/2016 às 12h59
 O Serviço Social da Indústria (Sesi) é a instituição mais lembrada no Brasil quando o assunto é saúde e segurança do trabalho.
Saiba mais
FIERGS 22/07/2016 às 12h52
O Senai-RS conquistou ouro (Tecnologia de Midia Impressa – Murilo Antunes da Silva, na foto), prata (Eletricidade Industrial – Gabriel Mendes) e bronze (...
Saiba mais
FIERGS 21/07/2016 às 14h52
Data de 1956 o registro da chegada dos primeiros japoneses ao Rio Grande do Sul, especialmente para atuar na agricultura. Hoje, são 1,8 milhão de...
Saiba mais