Você está aqui

Missão gaúcha à Coreia do Sul busca aproximação comercial e institucional

Abrir novas fronteiras comerciais com a Coreia do Sul e conhecer as experiências tecnológicas e educacionais dos coreanos são os objetivos principais da primeira missão oficial que o governo do Estado organiza para o país asiático. Liderada pelo governador Tarso Genro, a comitiva gaúcha fará a viagem entre 27 de maio e 4 de junho. A Federação das Indústrias do Rio Grande do Sul (FIERGS) apoia a iniciativa e responde pela participação do grupo empresarial. O lançamento oficial da iniciativa ocorreu na segunda-feira (18), no Palácio Piratini. "A Coreia do Sul tem elementos que são importantes para seguirmos como exemplo, como os investimentos na área de tecnologia e educação", ressaltou o governador.

Um dos objetivos da comitiva institucional e empresarial é intensificar o relacionamento de negócios entre o Rio Grande do Sul e a Coreia do Sul. Em 2010, o fluxo comercial entre o Estado e o país oriental foi de US$ 350 milhões, sendo que o Estado importou US$ 90,6 milhões e exportou US$ 249,4 milhões. A pauta de importação foi liderada pelos aços laminados. A de exportação gaúcha, por soja e derivados. De acordo com o secretário de Desenvolvimento e Promoção do Investimento, Mauro Knijnik, a comitiva vai "abrir as portas" para contatos e troca de informações. O presidente da Federação das Indústrias do Rio Grande do Sul (FIERGS), Paulo Tigre, que integra a missão, afirmou que o trabalho conjunto entre governo e indústria é importante "para que o Estado se torne cada vez mais forte e a sua economia mais próspera".

Três atividades desenvolvidas com excelência pelos coreanos serão o foco da missão. A primeira é a indústria naval, principalmente a ligada à prospecção de petróleo e gás, com o objetivo de conhecer experiências e investidores que possam se interessar pelo polo naval do Rio Grande do Sul. A indústria de semicondutores e de eletrônicos também será visitada, com o intuito de estabelecer parcerias e garimpar oportunidades de negócios. O terceiro eixo é o educacional, no qual a Coreia do Sul produziu resultados expressivos nas últimas décadas. Segundo o diretor-presidente do Badesul-Desenvolvimento, Marcelo Lopes, existem no mínimo 40 empresas coreanas interessadas em firmar relações com o Estado.

Coreanos recebidos na FIERGS

Nesta terça-feira, uma delegação coreana participou de um encontro na sede da FIERGS com o coordenador-adjunto do Conselho de Relações Internacionais e Comércio Exterior (Concex) da entidade, Frederico Dürr; e com o coordenador do Grupo Temático de Negociações Internacionais, Frederico Behrends. O diretor-geral da Kotra, a Divisão Comercial do Consulado Geral da Coreia em São Paulo, Ki Sang Hwang, destacou que as companhias de seu país precisam conhecer a FIERGS e o Estado, de economia tão diversificada e relevante para o Brasil. "É importante para empresas coreanas estarem no Rio Grande do Sul, é um local muito bom para exportar ou importar", destacou. Ele acrescentando que os investimentos coreanos no País se situam especialmente em São Paulo, Rio de Janeiro, Ceará e Santa Catarina.

O grupo coreano, que também foi recebido pelo presidente da FIERGS, Paulo Tigre, contou com o diretor-geral da Divisão Comercial da Província de Chungnam, Gabriel Byeongrog Mun; o diretor do Departamento de Assuntos Internacionais da Secretaria do Desenvolvimento e Promoção de Investimento (SDPI) do Estado, Sonchai Ansuj; e o assessor da Sala do Exportador do Departamento de Assuntos Internacionais da SDPI, Silvio Andriotti.

Veja mais

FIERGS 25/07/2016 às 15h15
 O cenário de crise econômica no Brasil, que torna o crédito mais caro e restrito e, consequentemente, cria grandes entraves para a obtenção de capital...
Saiba mais
FIERGS 22/07/2016 às 12h59
 O Serviço Social da Indústria (Sesi) é a instituição mais lembrada no Brasil quando o assunto é saúde e segurança do trabalho.
Saiba mais
FIERGS 22/07/2016 às 12h52
O Senai-RS conquistou ouro (Tecnologia de Midia Impressa – Murilo Antunes da Silva, na foto), prata (Eletricidade Industrial – Gabriel Mendes) e bronze (...
Saiba mais