Você está aqui

Olimpíada ecologicamente correta

Os técnicos do Senai fizeram os cálculos e concluíram que 19 toneladas de resíduos serão geradas até o final da etapa gaúcha da Olimpíada Nacional do Conhecimento, sendo que 14 delas serão reaproveitadas, com a doação do material a uma cooperativa de catadores, que vai fazer a triagem e o encaminhamento para a reciclagem. Além do lixo físico, a competição também gerou cerca de 290 toneladas de dióxido de carbono, que inclui desde a viagem de avião dos participantes ao consumo de energia nas ocupações. Toda esta emissão será neutralizada dentro de 20 anos, com o plantio de 700 árvores nativas na cidade de Maquiné, no litoral gaúcho.

Veja mais

FIERGS 25/07/2016 às 15h15
 O cenário de crise econômica no Brasil, que torna o crédito mais caro e restrito e, consequentemente, cria grandes entraves para a obtenção de capital...
Saiba mais
FIERGS 22/07/2016 às 12h59
 O Serviço Social da Indústria (Sesi) é a instituição mais lembrada no Brasil quando o assunto é saúde e segurança do trabalho.
Saiba mais
FIERGS 22/07/2016 às 12h52
O Senai-RS conquistou ouro (Tecnologia de Midia Impressa – Murilo Antunes da Silva, na foto), prata (Eletricidade Industrial – Gabriel Mendes) e bronze (...
Saiba mais