AV. ASSIS BRASIL, 8787, SARANDI, PORTO ALEGRE-RS | CENTRAL DE ATENDIMENTO 0800 51 8555 

Você está aqui

Para FIERGS, ciclo de queda nos juros deveria continuar

Economia

O presidente da Federação das Indústrias do Rio Grande do Sul (FIERGS), Gilberto Porcello Petry, afirma que a redução da taxa de juros não deveria ter sido interrompida. “Caso o ciclo de queda dos juros tivesse sido mais longo, contribuiria muito na recuperação da economia. Entendemos, porém, que a taxa é adequada para a situação que se apresenta com a alta do dólar”, disse Petry, ao analisar a decisão do Comitê de Política Monetária, nesta quarta-feira (16), de manter a taxa de juros em 6,5%.

Mesmo que os indicadores de inflação e de atividade estejam abaixo do esperado, o cenário externo cada vez mais desfavorável e a proximidade da indefinida corrida eleitoral no País justificam uma maior cautela do governo, completa Petry. É provável que a economia continue absorvendo estímulos monetários nos próximos meses, mesmo que a meta da taxa Selic permaneça inalterada.

Tags