Você está aqui

Para FIERGS, queda dos juros estimula o crescimento da economia brasileira

"A economia brasileira passa por um período de forte desaceleração. Nesse momento, os números mostram que a inflação está controlada, enquanto a atividade necessita urgentemente de estímulo. Assim, diminuir os juros junto à redução de impostos são estratégias importantes para incentivar a atividade produtiva no País", afirmou o presidente da Federação das Indústrias do Rio Grande do Sul (FIERGS), Paulo Tigre, ao avaliar a decisão do Comitê de Política Monetária. O Copom diminuiu, nesta quarta-feira (29), a Selic, de 11,25% para 10,25%.

De acordo com Tigre, a inflação em baixa e o fraco desempenho da atividade econômica, com destaque para redução das concessões de crédito e o desaquecimento do mercado de trabalho, são boas motivações para o Banco Central dar continuidade à queda da Selic. "Os juros reais menores estimulam os investimentos e o consumo", afirmou o industrial.

A próxima reunião do Copom está marcada para os dias 9 e 10 de junho.

Tags: 

Veja mais

FIERGS 1/12/2016 às 18h39
O presidente da Federação e do Centro das Indústrias do Rio Grande do Sul, Heitor José Müller, anunciou, nesta quinta-feira, o nome do sucessor para a...
Saiba mais
FIERGS 1/12/2016 às 18h21
As perspectivas do comércio internacional a partir de acordos como a Parceria Transpacífico (TPP), negociado entre Estados Unidos e 11 países do Pacífico...
Saiba mais
FIERGS 30/11/2016 às 18h53
“A redução na taxa de juros já era esperada. Entretanto, acreditamos que essa queda poderia ter sido maior.
Saiba mais