Você está aqui

Para FIERGS, redução dos juros e aumento dos investimentos devem caminhar juntos

"Há um ano o Brasil caminha na direção de uma taxa de juros mais compatível com a praticada no resto do mundo. Mas para obter maior competitividade e consolidar um cenário sem pressões inflacionárias, é necessário que sejam feitos mais investimentos públicos ", afirmou o presidente da Federação das Indústrias do Rio Grande do Sul (FIERGS), Heitor José Müller, nesta quarta-feira (29), ao avaliar a decisão do Comitê de Política Monetária (Copom) do Banco Central, que diminuiu a Selic de 8% para 7,5% ao ano.

O presidente da FIERGS destacou a importância dessa decisão para alavancar a economia, uma vez que a indústria gaúcha, após passar o primeiro semestre sem vanços, inicia a segunda metade do ano também numa situação bastante difícil. Conforme os resultados da Sondagem Industrial, pesquisa realizada pela entidade, o retrato da atividade descrito pelos empresários em julho demonstra produção estagnada, ociosidade elevada e disseminada, emprego em queda e estoques excessivos. A utilização da capacidade instalada, por exemplo, está há 16 meses abaixo do usual, atingindo quase 40% das empresas. Além disso, mais de 30% delas estão com estoques acima do planejado.

Veja mais

FIERGS 16/01/2017 às 16h21
A produção industrial gaúcha surpreendeu no mês de novembro, e com 51,1 pontos cresceu em relação a outubro, contrariando a sazonalidade negativa do...
Saiba mais
FIERGS 12/01/2017 às 15h22
O ano de 2016 fechou com as exportações em queda no Rio Grande do Sul. Ao somarem um total de US$ 16,6 bilhões no acumulado dos 12 meses, caíram 5,4% em...
Saiba mais
FIERGS 12/01/2017 às 9h35
Uma comitiva chinesa esteve na FIERGS, nesta quarta-feira (11), recebida pelo coordenador do Conselho de Relações Internacionais e Comércio Exterior (...
Saiba mais