Você está aqui

Piso Regional será anunciado na próxima semana pelo governo do RS

A definição da proposta de reajuste do Piso Regional ocorrerá no início da próxima semana. A informação foi dada pelo governador Tarso Genro a representantes empresariais em reunião realizada na manhã desta quarta-feira (14), no Palácio Piratini. Para que haja essa definição, integrantes do governo irão avaliar estudos técnicos encaminhados pelas instituições do setor industrial, de comércio e serviços. O presidente da FIERGS, Heitor José Müller, recebeu do chefe do Executivo um documento com argumentos que defendem a valorização do benefício. O ofício ressalta que o Piratini, assim como fez o governo federal nos últimos anos, aposta no aumento da capacidade do poder de compra dos trabalhadores como um dos pilares para evitar a recessão da economia.

Atualmente, o Mínimo Regional é de R$ 610,00 e as entidades empresariais defendem um reajuste com base no Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC) − próximo aos 7%. Já as centrais sindicais querem uma reposição de 18%. A outra solicitação é de que o aumento passe a valer apenas a partir de 1º de maio de 2012, como normalmente ocorre, e não 1º de janeiro, como exigem algumas categorias de trabalhadores. "Caso o Piso Salarial seja definido em um percentual muito elevado, trará mais prejuízos para a indústria do Rio Grande do Sul, de tal forma que já vemos em 2012 o início de uma verdadeira desindustrialização. Hoje, já não temos competitividade junto aos nossos concorrentes que estão em qualquer parte do mundo", analisou Müller.

Veja mais

FIERGS 29/09/2016 às 14h49
Ao atingir 52,9 pontos em agosto, o índice de produção da indústria gaúcha puxou o crescimento da atividade do setor no Estado.
Saiba mais
FIERGS 29/09/2016 às 12h12
O Sistema FIERGS, por meio do Instituto Euvaldo Lodi (IEL-RS), promove no dia 20 de outubro o 4º Fórum de Inovação, na sede da Federação das Indústrias...
Saiba mais
FIERGS 27/09/2016 às 17h28
Resultados. Isto é o que todos buscam. Mas para chegar até ele precisamos de um caminho. “O mais importante é a trajetória”.
Saiba mais