Você está aqui

Liderança

Presidente da FIERGS representa a CNI em missão à Índia

Grupo é liderado pelo ministro do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, Miguel Jorge

O presidente da FIERGS e do Conselho de Integração Internacional da CNI, Paulo Tigre, integra a missão empresarial brasileira que está em Nova Deli e Lucknow, na Índia, de 24 a 27 de março. O grupo é liderado pelo ministro do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, Miguel Jorge, e participa de um seminário com parceiros indianos, no dia 26, em Nova Deli. No dia 25, haverá uma viagem à cidade de Lucknow, onde ocorrerá visita à fábrica da Marcopolo. A missão é coordenada pelo MDIC, com o apoio da Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil) e a parceria da Câmara de Comércio Brasil-Índia.

O comércio entre os dois países atingiu US$ 3,1 bilhões em 2007, com déficit de US$ 1,2 bilhão para o Brasil. A pauta exportadora brasileira revela um elevado nível de concentração nos três principais produtos exportados para a Índia em 2007: óleo de soja bruto (24,85%), minério de cobre (21,6%) e semimanufaturados de ferro ou aço (5,7%).

A economia indiana passa por forte expansão, com crescimento de 8,9% em 2007. Os principais parceiros do país são Estados Unidos, China, Emirados Árabes, Suíça e Cingapura. A Índia é um país essencialmente deficitário nas suas relações comercia­is mundiais, pois exportou US$ 120 bilhões e importou US$ 175 bilhões em 2006.

Tags: 

Veja mais

FIERGS 23/05/2016 às 17h26
 Com expectativa da visita de 200 importadores de 46 países, iniciou nesta segunda-feira (23) o 25º Salão Internacional do Couro e do Calçado (SICC), em...
Saiba mais
FIERGS 23/05/2016 às 16h26
A Ação Global 2016 recebeu 9,2 mil pessoas no último sábado (21), no Centro de Atividades do Sesi em Panambi, promovida pelo Sistema FIERGS, por meio do...
Saiba mais
FIERGS 19/05/2016 às 16h37
“Estamos passando uma etapa histórica no País, um período de transformações. Não só pelo processo de impeachment, mas porque a sociedade exige respostas...
Saiba mais