Você está aqui

Setor industrial gaúcho desacelera em abril

A Sondagem Industrial RS de abril retratou uma indústria com queda na produção e estagnação no emprego, operando abaixo de sua capacidade produtiva normal e acumulando estoques indesejados. "O resultado reafirmou o quadro geral de dificuldades enfrentadas pelo setor, mostrando um processo de desaceleração da atividade. Sem muita perspectiva de reversão desse cenário, o otimismo com o futuro tem diminuído a cada mês. Nesse contexto, as decisões de investimento tendem a ser adiadas", avaliou o presidente da Federação das Indústrias do Rio Grande do Sul (FIERGS), Heitor José Müller.

A Utilização da Capacidade Instalada (UCI) teve o pior resultado do ano e o segundo em 16 meses ao recuar 2,3 pontos em relação a março, somando 42,3 pontos. O nível médio foi de 73,0%. Os estoques de produtos finais fecharam abril acima do planejado (51,5 pontos), atingindo 27,4% das empresas. Também desacelerou o volume de produção (48,9 pontos), enquanto o emprego ficou estático (49,9 pontos).

Nesse cenário negativo, as expectativas dos empresários para os próximos seis meses se deterioraram significativamente, com arrefecimento da demanda projetada (51,2 pontos), inclusive a externa (50,5 pontos) e da disposição de contratar (47,9 pontos) e comprar insumos e matérias-primas (51,1 pontos).

Realizado mensalmente pela Federação das Indústrias do Rio Grande do Sul, (FIERGS), o levantamento varia numa escala de 0 a 100 pontos. Quanto mais os valores estiverem acima de 50 pontos significa maior otimismo e abaixo indica pessimismo. Apenas a variável de estoques em comparação ao planejado é avaliada como negativa acima dos 50 pontos.

Veja mais

FIERGS 7/12/2016 às 15h48
As indústrias precisam estar atentas às normas de rotulagens de alimentos.
Saiba mais
FIERGS 7/12/2016 às 14h33
O Torneio de Robótica First Lego League, organizado pelo Serviço Social da Indústria (Sesi-RS), terá a grande final neste sábado, a partir das 9h, na...
Saiba mais
FIERGS 6/12/2016 às 14h37
A atual capacidade ociosa nas linhas de produção, os baixos níveis de estoque e a força exportadora colocam o setor industrial em uma posição decisiva...
Saiba mais