Você está aqui

Sondagem indica estabilidade na produção industrial

Os resultados da Sondagem Industrial do RS de novembro, realizada pela FIERGS, apresentaram sinais de estabilidade na produção, em comparação com outubro, ao atingir 50,4 pontos. O setor operou com 75,5% de utilização da capacidade instalada, 0,7 ponto percentual abaixo do mês anterior. É a vigésima vez que este nível foi considerado inferior ao usual para o período (47,4 pontos).

Os estoques de produtos finais ficaram acima do planejado em novembro (52,7 pontos), interrompendo a trajetória de equalização que se delineava desde o início do segundo semestre de 2012. Embora a acumulação indesejada seja homogênea entre os portes de empresas analisados, é bem mais intensa entre as pequenas. O emprego no setor industrial registrou ligeiro recuo (49,2 pontos), puxado principalmente pelas grandes empresas (47,8 pontos).

Os indicadores que medem a expectativa dos empresários gaúchos para os próximos seis meses também diminuíram, embora continuem acima da marca dos 50 pontos, apontando para um otimismo moderado. A proporção de empresas que projeta o aumento da demanda é de 36,3%, contra 21,9% que aposta na redução. Em outubro, esses percentuais eram mais positivos: 45,5% e 15,9%, respectivamente.

Dessa forma, a intensão de compra de matérias-primas para a produção caiu de 56,6 pontos, em outubro, para 52,2 pontos, em novembro. As perspectivas para as exportações ficaram estáveis nessa base de comparação (50,7 pontos), significando que a maior demanda esperada não deverá vir das vendas externas.

Expectativas das indústrias para os próximos seis meses:

.Demanda (53 pontos) − Aumento

.Emprego (52 pontos) − Aumento

.Compra de matérias-primas (52,2 pontos) − Aumento

.Exportação (50,7 pontos) − Estável

Veja mais

FIERGS 28/07/2016 às 16h28
A Sondagem Industrial de junho, divulgada nesta quinta-feira (28) pela Federação das Indústrias do Rio Grande do Sul (FIERGS), revela uma retração no...
Saiba mais
FIERGS 25/07/2016 às 15h15
 O cenário de crise econômica no Brasil, que torna o crédito mais caro e restrito e, consequentemente, cria grandes entraves para a obtenção de capital...
Saiba mais
FIERGS 22/07/2016 às 12h59
 O Serviço Social da Indústria (Sesi) é a instituição mais lembrada no Brasil quando o assunto é saúde e segurança do trabalho.
Saiba mais