AV. ASSIS BRASIL, 8787, SARANDI, PORTO ALEGRE-RS | CENTRAL DE ATENDIMENTO 0800 51 8555 

Você está aqui

Sondagem indica estabilidade na produção industrial

Indústria e Desenvolvimento

Os resultados da Sondagem Industrial do RS de novembro, realizada pela FIERGS, apresentaram sinais de estabilidade na produção, em comparação com outubro, ao atingir 50,4 pontos. O setor operou com 75,5% de utilização da capacidade instalada, 0,7 ponto percentual abaixo do mês anterior. É a vigésima vez que este nível foi considerado inferior ao usual para o período (47,4 pontos).

Os estoques de produtos finais ficaram acima do planejado em novembro (52,7 pontos), interrompendo a trajetória de equalização que se delineava desde o início do segundo semestre de 2012. Embora a acumulação indesejada seja homogênea entre os portes de empresas analisados, é bem mais intensa entre as pequenas. O emprego no setor industrial registrou ligeiro recuo (49,2 pontos), puxado principalmente pelas grandes empresas (47,8 pontos).

Os indicadores que medem a expectativa dos empresários gaúchos para os próximos seis meses também diminuíram, embora continuem acima da marca dos 50 pontos, apontando para um otimismo moderado. A proporção de empresas que projeta o aumento da demanda é de 36,3%, contra 21,9% que aposta na redução. Em outubro, esses percentuais eram mais positivos: 45,5% e 15,9%, respectivamente.

Dessa forma, a intensão de compra de matérias-primas para a produção caiu de 56,6 pontos, em outubro, para 52,2 pontos, em novembro. As perspectivas para as exportações ficaram estáveis nessa base de comparação (50,7 pontos), significando que a maior demanda esperada não deverá vir das vendas externas.

Expectativas das indústrias para os próximos seis meses:

.Demanda (53 pontos) − Aumento

.Emprego (52 pontos) − Aumento

.Compra de matérias-primas (52,2 pontos) − Aumento

.Exportação (50,7 pontos) − Estável