Você está aqui

Zona Sul do RS quer desenvolvimento conjunto

Industriais da Zona Sul do Estado se reuniram na segunda-feira (dia 7) com o presidente da Federação das Indústrias do Rio Grande do Sul (FIERGS), Paulo Tigre, no Centro das Indústrias de Pelotas. O objetivo do encontro foi discutir alternativas de estruturação afim de aproveitar a nova onda de desenvolvimento que aporta na esfera regional, principalmente a partir do Porto de Rio Grande.

A preocupação das lideranças empresariais é encontrar uma fórmula de crescimento que contemple de forma integrada os municípios. "Em poucos anos, Pelotas e Rio Grande serão uma única economia, assim como a Grande Porto Alegre. E neste ponto, planejamento é fundamental. O trabalho para as próximas décadas começa agora", disse Tigre.

Os empresários manifestaram preocupação com elementos como formação de mão-de-obra e infraestrutura, fundamentais ao novo momento econômico. Pediram também o auxílio do Sistema FIERGS, através de Sesi, IEL e Senai, para que atuem nestas áreas. "Percebemos uma atenção muito forte da Federação com esta situação. Queremos que todo o Rio Grande do Sul aproveite não só o polo naval, mas todo o desenvolvimento que ele vai trazer", comentou o presidente do Centro de Indústrias do Rio Grande, Paulo Edison Pinho.

Mas não se trata apenas de Pelotas e Rio Grande. A cidade de Bagé quer formar um eixo com os dois municípios da Zona Sul. "A mão-de-obra formada para Rio Grande e Pelotas poderá ser utilizada nas Usinas Termelétricas que estão em construção em Candiota, por exemplo. E a região da Campanha, com vocação ao agronegócio, pode integrar-se a esta cadeia, no fornecimento de gêneros", definiu o presidente do Sindicato das Indústrias da Alimentação de Bagé, Lindonor Peruzzo.

Para o vice-presidente regional do CIERGS, Pedro Antônio Leivas Leite, as vocações complementares de cada localidade vão ser o grande diferencial para um desenvolvimento organizado. "As indústrias chegam em Rio Grande e tem em Pelotas uma referência em serviços, como saúde e educação, sem falar em Bagé, São Lourenço do Sul, Canguçu e outras cidades com economia muito versátil", comentou.

Ginásio do Sesi − Durante a visita, o presidente da FIERGS, Paulo Tigre, visitou as obras do Ginásio do Sesi, que está sendo construído junto ao Centro de Atividades local. Completando o roteiro da visita, o industrial conferiu a participação de Sesi, Senai e Sebrae na Fenadoce.

Veja mais

FIERGS 22/07/2016 às 12h59
 O Serviço Social da Indústria (Sesi) é a instituição mais lembrada no Brasil quando o assunto é saúde e segurança do trabalho.
Saiba mais
FIERGS 22/07/2016 às 12h52
O Senai-RS conquistou ouro (Tecnologia de Midia Impressa – Murilo Antunes da Silva, na foto), prata (Eletricidade Industrial – Gabriel Mendes) e bronze (...
Saiba mais
FIERGS 21/07/2016 às 14h52
Data de 1956 o registro da chegada dos primeiros japoneses ao Rio Grande do Sul, especialmente para atuar na agricultura. Hoje, são 1,8 milhão de...
Saiba mais