AV. ASSIS BRASIL, 8787, SARANDI, PORTO ALEGRE-RS | CENTRAL DE ATENDIMENTO 0800 51 8555 

Você está aqui

cadeia produtiva

Restrições impostas ao plantio por órgãos da área ambiental e excesso de burocracia ameaçam um dos mais importantes setores industriais no Estado. O assunto foi tema de debate durante esta quinta-feira (17), no Encontro da Cadeia Produtiva de Base Florestal, promovido pela Federação das Indústrias do Rio Grande do Sul (FIERGS), por meio do Comitê da Indústria de Base Florestal e Moveleira. “Este evento discute uma política de desenvolvimento para essa importante atividade econômica integrada.

A Federação das Indústrias do Rio Grande do Sul (FIERGS), por meio do Comitê da Indústria de Base Florestal e Moveleira, realiza na próxima quinta-feira, 17 de maio, o Encontro da Cadeia Produtiva de Base Florestal. O evento será realizado na sede da FIERGS, em Porto Alegre, com início às 11h, reunindo industriais, empreendedores, investidores, produtores da cadeia de base florestal e prestadores de serviços para conhecer a realidade global e as diferenças regionais do setor que afetam a sua competitividade.

O Governo Federal decidiu manter em 2% até dezembro de 2018 a alíquota do Reintegra, programa que ressarce os exportadores de parte do resíduo tributário federal na cadeia de produção de bens exportados. A Federação das Indústrias do Rio Grande do Sul (FIERGS) entende que este percentual deve ser fixado em 3% para o ano que vem conforme estabelecia o decreto 8.415, de 27/5/2015. O Reintegra, de acordo com a FIERGS, não é renúncia fiscal e muito menos subsídio, mas apenas devolução de tributos pagos antecipadamente ao longo da cadeia produtiva.

A cadeia produtiva de aves, suínos e leite se reúne até esta quinta-feira (24), no Centro de Eventos FIERGS, em Porto Alegre, durante o 5º Congresso e Feira Brasil Sul de Avicultura, Suinocultura e Laticínios – Feira de Equipamentos, Serviços e Inovação (Avisulat). Na abertura oficial, realizada na noite desta terça-feira, o presidente da Federação das Indústrias do Rio Grande do Sul (FIERGS), Heitor José Müller, observou que a Avisulat poderia servir de modelo para os governantes do País.
Em uma iniciativa conjunta entre a Federação das Indústrias do Rio Grande do Sul (FIERGS) e a Agência Brasileira de Desenvolvimento Industrial (ABDI), 23 empresas ligadas aos segmentos de petróleo, gás, naval e offshore terão três dias de evento para impulsionar seus projetos de desenvolvimento. É a maratona “Integrando Oportunidades – Encontro de Boas Práticas e Sessão de Negócios”, que será realizada nos dias 30 de novembro, 1º e 2 de dezembro, na FIERGS (Av. Assis Brasil, 8787 – Salas D2 211-212).