AV. ASSIS BRASIL, 8787, SARANDI, PORTO ALEGRE-RS | CENTRAL DE ATENDIMENTO 0800 51 8555 

Você está aqui

empresários

Pelo terceiro mês consecutivo, o indicador que avalia a intenção dos empresários gaúchos de investir nos próximos seis meses subiu, aponta a Sondagem Industrial do RS, divulgada nesta terça-feira (31) pela Federação das Indústrias do Rio Grande do Sul (FIERGS). Ao atingir 49,7 pontos – foi de 47,1 na pesquisa anterior –, obteve o maior resultado desde fevereiro de 2015. Quanto mais alto o índice, que varia de 0 a 100, maior a propensão para novos investimentos. “Os investimentos tendem a responder tardiamente à retomada da economia.

O Rio Grande do Sul avança nos preparativos para captar mais oportunidades comerciais no México. O potencial mercado daquele país foi detalhado nesta terça-feira (14), para empresários na Federação das Indústrias do Rio Grande do Sul (FIERGS), em Porto Alegre. A entidade é parceira em evento realizado pela Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil).

As consequências na mudança de regras na chamada Política de Conteúdo Local para a indústria de petróleo e gás poderão ser muito ruins para a combalida economia gaúcha. A percepção vem sendo reforçada há alguns meses desde que o governo federal sinalizou intenções de flexibilizar esse específico tema, pressionado pela nova gestão da Petrobras e demais petrolíferas que atuam no Brasil.
O terceiro trimestre do ano encerrou com um cenário negativo para o setor industrial gaúcho, aponta a Sondagem Industrial do RS, divulgada nesta quarta-feira (26) pela Federação das Indústrias do Rio Grande do Sul (FIERGS). Os empresários ouvidos na consulta apontaram elevada insatisfação com a margem de lucro operacional (35,8 pontos) e com a situação financeira (41,1), além de grandes dificuldades de acesso ao crédito (30,6 pontos) e aumento dos preços das matérias-primas (58,3).
O Índice de Confiança do Empresário Industrial (ICEI-RS), levantamento realizado pela Federação das Indústrias do Rio Grande do Sul (FIERGS), voltou a cair em outubro, depois de cinco meses consecutivos de alta: passou de 55,4 pontos em setembro para 53,5. As explicações para esta queda foram as avaliações mais desfavoráveis sobre as condições atuais e menos positivas sobre as expectativas entre os pesquisados. Mesmo com a redução, o ICEI-RS segue a demonstrar confiança, visto que se encontra acima dos 50 pontos.
O 34º Encontro Econômico Brasil Alemanha (EEBA) começou nesta segunda-feira (17), em Weimar (ALE), reunindo líderes políticos e empresariais que em dois dias de debates e encontros de negócios buscam estimular o desenvolvimento comercial e a cooperação financeira entre ambos os países. O presidente da Confederação Nacional da Indústria (CNI), Robson Braga de Andrade; e o presidente da Federação das Indústrias do Rio Grande do Sul (FIERGS), Heitor José Müller, lideram uma missão empresarial ao EEBA.