AV. ASSIS BRASIL, 8787, SARANDI, PORTO ALEGRE-RS | CENTRAL DE ATENDIMENTO 0800 51 8555 

Você está aqui

meio ambiente

A secretária estadual do Ambiente e Desenvolvimento Sustentável (Sema), Ana Pellini, apresentou na terça-feira (4) os principais resultados de um mutirão realizado com o Conselho de Meio Ambiente da FIERGS (Codema). O poder público e a entidade industrial trabalharam em conjunto para agilizar a análise dos processos de pedidos do setor pela outorga de direito de uso da água.

A reunião conjunta dos Conselhos de Meio Ambiente (Codema), Infraestrutura (Coinfra) e do Comitê de Base Florestal e Moveleira (Combase) da FIERGS, nesta terça-feira (9), debateu junto com a secretária do Ambiente e Desenvolvimento Sustentável (Sema) do Estado, Ana Pellini, o Zoneamento Ecológico Econômico (ZEE).  O coordenador do Codema, Walter Fichtner, que conduziu a reunião, destacou a apreensão da indústria com o tema. “O Rio Grande do Sul já teve uma experiência de zoneamento que veio a ser amplamente restritiva a uma atividade produtiva.

O Zoneamento Ecológico-Econômico (ZEE) do Rio Grande do Sul, um instrumento de planejamento de ordenamento de uso de território, chegará a sua segunda etapa de consultas à sociedade em junho. Para tanto, serão realizadas as oficinas de diagnóstico, em diferentes cidades gaúchas.

O gerente de Assuntos Corporativos da Coca-Cola Femsa Brasil, Rodrigo Simonato, revelou ao presidente da FIERGS, Heitor José Müller, em encontro na sede da Federação das Indústrias do Rio Grande do Sul, nesta quarta-feira (8), o interesse da companhia em “participar ativamente de programas de responsabilidade social e meio ambiente”. Para isso, entende Simonato, é importante a parceria da empresa com a entidade industrial gaúcha.
Ocorreu nesta terça-feira, na sede da Federação das Indústrias do Rio Grande do Sul, o encontro técnico conjunto entre FIERGS e a Federação da Agricultura do Estado do Rio Grande do Sul (Farsul), apresentando a participação das entidades no Zoneamento Ecológico Econômico do Estado – ZEE-RS. “Vemos o zoneamento com um grau de incerteza porque deste produto supõe-se que serão apresentadas zonas com indicação de escalas de vulnerabilidade ambiental.
A força da indústria nacional, que pode dar sustentação à retomada de crescimento econômico brasileiro, está diretamente ligada à aprovação de reformas estruturais que tramitam no Congresso Nacional. Esse é um dos consensos resultantes da realização do Seminário RedIndústria, nos dias 1º e 2 fevereiro, em Brasília, promovido pela Confederação Nacional da Indústria (CNI), com a presença de representantes de Federações de Indústrias de 27 estados e de cerca de 80 associações setoriais.
Se por um lado o Brasil e o Rio Grande do Sul vivem tempos de crise econômica e política, na área ambiental o ano de 2016 foi marcado por importantes definições, que devem contribuir com maior transparência e segurança jurídica para as empresas e para a comunidade como um todo.

As relações entre o setor o industrial e o meio ambiente, no Rio Grande do Sul, encerram o ano de 2016 com novas perspectivas para equilibrar os interesses das duas partes. No dia 13 de dezembro, foi oficializada, com publicação no Diário Oficial do Estado, a revogação da Resolução do Conselho Estadual do Meio Ambiente (Consema) número 129/2006, que regulamentava o controle e o monitoramento da toxicidade de efluentes líquidos. A partir de agora, até que se tenha um novo regramento, fica valendo a legislação vigente nacionalmente.

O Rio Grande do Sul assegurou um importante avanço para o licenciamento ambiental a partir de 2017 ao ampliar os prazos e criar o Sistema Online de Licenciamento (SOL).
A Federação das Indústrias do Rio Grande do Sul (FIERGS), por meio do Conselho de Meio Ambiente e Sustentabilidade (Codema), em parceria com o Departamento de Recursos Hídricos (DRH) da Secretaria Estadual de Meio Ambiente (Sema), organiza um mutirão para regularização de outorgas pelo uso da água para o setor industrial. O objetivo é apoiar as empresas que encaminharam processos e ainda não obtiveram a liberação.