AV. ASSIS BRASIL, 8787, SARANDI, PORTO ALEGRE-RS | CENTRAL DE ATENDIMENTO 0800 51 8555 

Você está aqui

sst

O Serviço Social da Indústria (Sesi-RS) promove dia 6 de junho o Meeting Sesi Saúde – O eSocial no contexto da Segurança e Saúde do Trabalho, a partir das 13h30min, na sede da FIERGS. O evento contará com o lançamento do Sesi Viva +, uma plataforma digital e inteligente de gestão da saúde, que além de atender aos requisitos do eSocial, auxilia os empresários na tomada de decisão estratégica e possibilita a redução de riscos legais e custos inerentes. O banco de dados será importante para as empresas e terá também diversos benefícios para os trabalhadores.

O Serviço Social da Indústria (Sesi-RS) estará no Encontro Sul-Americano de Recursos Humanos (Esarh 2018) que será realizado de 14 a 16 de maio na ExpoGramado, em Gramado (RS). Além de um espaço no evento, o Sesi-RS vai ministrar o workshop “Ansioso Mundo Novo: a importância da gestão dos fatores psicossociais num cenário de mudanças”, no dia 15, a partir das 13h30min.

O Sistema FIERGS realiza, na próxima terça-feira (17), com apoio do Serviço Social da Indústria (Sesi-RS), o workshop Ergonomia: uma abordagem conceitual, voltado à Segurança e Saúde no Trabalho (SST) e que reúne profissionais de diferentes segmentos industriais. Serão debatidos, na sede da Federação das Indústrias do Rio Grande do Sul, em Porto Alegre, itens das Normas Regulamentadoras (NR's), bem como detalhamento e vigência acerca do e-Social.

O Serviço Social da Indústria (Sesi-RS) inaugura na próxima segunda-feira (12), às 10h, as novas instalações do seu Centro de Atividades de Canoas (rua Aurora, 1220), com a presença do presidente do Sistema FIERGS, Heitor José Müller. As obras integraram o Centro de Atividades à área do Centro Esportivo, aumentando a estrutura do Sesi, respeitando as normas técnicas, de acessibilidade e sanitárias. O novo espaço também possibilitou a ampliação dos serviços em segurança e saúde no trabalho e promoção da saúde.

 A gestão da Segurança e Saúde no Trabalho e o compartilhamento do conhecimento da área são questões estratégicas para uma empresa. A afirmação é do médico do Trabalho, especialista em Desenvolvimento Industrial do Sesi, Gustavo Nicolai. “Vivemos uma era da SST com maior maturidade e compreensão. Temos políticas sociais e tributárias que reconhecem o investimento feito em SST e penalizam os maus resultados e a falta de gestão na área”, destacou.

O Sesi é o responsável pelo Centro de Bem-Estar que já está funcionando na General Motors, em Gravataí. O objetivo do espaço é evitar e prevenir doenças osteomoleculares. Estão à disposição dos funcionários da empresa uma equipe do Sesi com sete profissionais entre fisioterapeutas, terapeuta ocupacional, psicólogo, médico fisiatra e assistente social. “O espaço vai trabalhar o ser humano de forma integral com enfoque na saúde, pensando na prevenção, e não na doença”, ressalta o diretor-superintendente do Sesi-RS, Juliano Colombo.
O Serviço Social da Indústria (Sesi) completa, em 1º de julho, 70 anos de atividades. Neste período, a instituição evoluiu junto com a indústria brasileira, sempre cumprindo seu papel de contribuir para o bem-estar do trabalhador e, consequentemente, para o aumento da competitividade industrial. A data será comemorada dia 30 de junho, a partir das 17h, no Salão de Convenções da FIERGS, com o lançamento do livro Sesi-RS - 1946-2016, da historiadora Elizabeth W.
 
O Serviço Social da Indústria (Sesi-RS) criou recentemente seu Centro de Referência em Saúde e Segurança no Trabalho, pautado em duas diretrizes principais: pesquisa aplicada à indústria e a disseminação de conhecimento, com o intuito de ampliar a oferta de serviços voltados para a promoção de um ambiente de trabalho seguro e saudável. A ideia é promover uma interação entre o Sesi, indústrias e universidades.
O Centro Sesi de Referência em Segurança e Saúde no Trabalho é apoiador do 4º Meeting Lean ministrado pelo pesquisador do Instituto de Gestão e Economia na Universidade japonesa de Kanto Gakuin, professor Osamu Tsukada.
Dados da Organização Internacional do Trabalho (OIT) estimam que cerca de US$ 2,8 trilhões são perdidos anualmente por conta de acidentes de trabalho e doenças profissionais. Atento a esse cenário e à tendência mundial de promover a cooperação entre a universidade e a indústria, o Serviço Social da Indústria (Sesi-RS) estruturou o Centro Sesi de Referência em Segurança e Saúde no Trabalho.