You are here

Aod Cunha apresenta proposta orçamentária de déficit zero a industriais

A proposta orçamentária do Estado, com previsão real de déficit zero a partir de 2009, foi encaminhada à Assembléia Legislativa na segunda-feira e apresentada pelo secretário da Fazenda, Aod Cunha, aos industriais gaúchos na reunião das Diretorias da FIERGS/CIERGS, na terça-feira (16). "O setor público ajustado, com equilíbrio financeiro e com a recuperação da capacidade de investimentos, será um parceiro da iniciativa privada e um parceiro importante para o crescimento e o desenvolvimento", destacou Cunha.

Os investimentos previstos são de 7% da Receita Corrente Líquida (RCL) no Estado no ano que vem. O valor aplicado será de R$ 1,25 bilhão da administração direta e R$ 1,12 e bilhão das empresas estatais do governo estadual. Para 2010, além de manter o déficit zero, a previsão é alcançar 10% da RCL em investimentos. Do total de R$ 1,25 bilhão dos recursos para 2009, mais de R$ 411,5 milhões serão destinados à Secretaria da Infra-Estrutura. Para a Secretaria da Habitação, Saneamento e Desenvolvimento Urbano, o valor alcançará R$ 102 milhões, enquanto a Educação levará R$ 100 milhões, e a Saúde, R$ 75 milhões. "O fato de o governo ter conseguido atingir o equilíbrio fiscal, em pouco tempo, e com todas as dificuldades de mudar a cultura da máquina pública, pode ser considerado um ‘case‘", afirmou o presidente da FIERGS, Paulo Tigre.

Durante a entrevista coletiva no Palácio Piratini em que a proposta foi anunciada à imprensa, Aod Cunha assegurou que o Estado chegará "ao final do ano pagando em dia todos os seus fornecedores". A governadora Yeda Crusius salientou que "são números realistas", e que só foram obtidos em decorrência do esforço de ajuste fiscal empreendido pelo governo do Estado desde o início do ano passado.

Publicado Wednesday, 17 September 2008 - 12h00
30/09/2022
Educação Empresarial
30/09/2022
Institucional