You are here

Secretário nacional apresenta oportunidades para indústria gaúcha do setor de segurança

Oportunidades e desafios surgidos a partir da Política Nacional implantada pelo governo federal para o setor de Segurança foi o tema abordado pelo secretário nacional de Segurança Pública, general Guilherme Theophilo, na 8ª Reunião do Comdefesa da FIERGS, conduzida pelo coordenador Gilberto Ribeiro, nessa terça-feira (10). O general Theophilo afirmou em sua apresentação Segurança Pública e Setor Industrial: Interdependência Construtiva e Inovadora que a intenção do governo, a partir do lançamento do Programa Pró-Segurança, desenvolvido pela secretaria por ele comandada (Senasp), é a de priorizar a indústria brasileira em dez projetos estratégicos do Ministério da Justiça e Segurança Pública (MJSP).

Entre esses projetos estão o Sinesp Integração, que promove soluções de Tecnologia da Informação essenciais à segurança pública, considerando os sistemas em funcionamento nos órgãos federais, estaduais e municipais, viabilizando a coleta e disponibilização de dados e informações. O general destacou, ainda, o fortalecimento da Rede Integrada de Bancos de Perfis Genéticos (RIBPG) no País, cujo objetivo é o de modernizar a investigação criminal e a produção de provas com o uso de exames de DNA.
 

8ª Reunião Comdefesa

Segundo Theophilo, é necessário retirar entraves burocráticos e adquirir mais o produto nacional, dentro de padrões técnicos estabelecidos, evitando licitações internacionais que não incentivam a indústria local. O general citou o Rio Grande do Sul, e especialmente as regiões da Serra, Metropolitana e junto à cidade de Santa Maria, como exemplo de três polos capazes de atender pedidos para produtos como viaturas, armas, coletes balísticos e outros equipamentos de proteção necessários às forças de segurança. De acordo com o secretário, atualmente o mercado de equipamentos de segurança pública no Brasil é considerado fechado e possui poucos players, com valores superiores a R$ 4 bilhões em 2018.

Presente na abertura da reunião, o presidente da FIERGS, Gilberto Porcello Petry, enfatizou que a organização, a disciplina e o respeito à hierarquia das Forças Armadas deveriam servir de inspiração para o País em todas as áreas.

Publicado Tuesday, 10 September 2019 - 5h27