You are here

O Ministério da Cidadania e a Federação das Indústrias do Estado do Rio Grande do Sul (FIERGS) formalizaram, na tarde dessa quinta-feira (11), a parceria para a implantação do Programa Progredir, que prevê a inclusão de pessoas de baixa renda, inscritas no Cadastro Único do Governo Federal, no mercado de trabalho. A assinatura do protocolo foi feita pelo ministro da Cidadania, Onyx Lorenzoni, e o presidente da FIERGS, Gilberto Porcello Petry, na sede da entidade. “Este protocolo é o caminho para estender aquilo que precisamos fazer, gerar emprego e renda, e o setor público reconhece no setor privado o grande gerador de empregos no Brasil”, disse o ministro. Já o presidente da FIERGS ressaltou a importância da participação do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai-RS), mantido pela contribuição compulsória das indústrias estabelecidas no Estado, como executor do programa.

Para Petry, se não existissem indústrias, não existiria o Senai, e a assinatura do protocolo não teria ocorrido. “Por isto, o conceito de Governo Fraterno inclui necessariamente uma boa base econômica, com empresas fortes, amparadas por políticas governamentais favoráveis aos empreendedores e seus empreendimentos”, observou, lembrando de três princípios que, segundo o ministro Lorenzoni, definem os propósitos do atual Governo Federal: o de fazer um governo constitucional, eficiente e fraterno.

Crédito fotos: Dudu Leal

O presidente da FIERGS salientou ainda que nas ações governamentais  o Brasil passou pela modernização trabalhista e agora chegou a vez da Reforma Tributária, aguardada há muito tempo e necessária para acelerar a retomada econômica nessa última etapa da pandemia, marcada pela disponibilização de vacinas. “No mínimo, torna-se imprescindível uma urgente simplificação do complexo, confuso, e oneroso sistema fiscal que amarra o nosso desenvolvimento”, afirmou.

O protocolo assinado prevê para o Ministério da Cidadania, em parceria com a FIERGS, fomentar o Programa Progredir em seus três eixos: intermediação da mão de obra, qualificação profissional e empreendedorismo. Serão disponibilizados no site do ministério cursos abordando competências importantes para o mercado de trabalho, além de uma área para elaboração de currículo e vagas de emprego. Os cursos serão oferecidos gratuitamente pela FIERGS, por meio do Senai-RS, e estão atualizados com as demandas, favorecendo tanto a inserção no mercado de trabalho quanto o empreendedorismo.

DOCUMENTO
Na cerimônia, Gilberto Porcello Petry entregou a Onyx Lorenzoni, em nome do presidente da Confederação Nacional da Indústria (CNI), Robson Braga de Andrade, o documento Propostas para Aceleração do Crescimento Econômico, elaborado pela CNI.

Assista a transmissão feita ao vivo da assinatura do protocolo:

Publicado Thursday, 11 February 2021 - 4h48