You are here

Realizada de terça a quinta-feira desta semana, no Centro de Feiras e Eventos Festa da Uva, em Caxias do Sul, a 30ª Mercopar – Feira de Inovação,  encerrou cumprindo o objetivo de ser um vetor para a retomada da atividade industrial no Brasil. Promovida pela Federação das Indústrias do Estado do Rio Grande do Sul (FIERGS) e pelo Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas no Rio Grande do Sul (Sebrae RS), a feira realizada em modelo híbrido superou as expectativas e registrou, até o momento, um valor estimado de R$ 224 milhões em negócios, um crescimento de 75% em relação ao ano anterior.

A edição, que marcou os 30 anos da maior feira de inovação e negócios da América Latina, reuniu 347 expositores dos segmentos metalmecânico, tecnologia da informação, energia e meio ambiente, borracha, automação industrial, plástico, eletroeletrônico, movimentação e armazenagem, sendo 44 deles startups.

A Mercopar teve, em uma área de 20 mil metros quadrados, um total de 13.952 visitantes presenciais, respeitando o teto de ocupação de 2,5 mil pessoas simultaneamente, por faixa de horário, imposto pelo protocolo de segurança sanitária, e mais 6.125 acessos em sua plataforma online.

O presidente da FIERGS e do Conselho Deliberativo Estadual do Sebrae RS, Gilberto Porcello Petry, considerou a realização da feira como uma demonstração de força do Rio Grande do Sul em meio às dificuldades. “No ano passado, superamos desafios e obtivemos absoluto sucesso em resultados e em execução de protocolos sanitários, os quais o segmento da indústria sempre cumpriu com excelência”, disse. Gilberto Petry também enalteceu a marca da realização da 30ª edição da Mercopar: “Quando o evento iniciou, há 30 anos, inteligência artificial ou realidade virtual eram apenas conceitos teóricos. Hoje, essas e outras inovações permitem otimizar a produtividade nas organizações, gerando resultados e crescimento sustentável”. De acordo com 88,1% dos expositores, o evento atendeu ou superou as expectativas, e 98,2% das empresas indicaram que têm intenção de retornar à feira na próxima edição.

Para o diretor-superintendente do Sebrae RS, André Vanoni de Godoy, os resultados refletem a confiança do mercado. “Tivemos uma edição histórica, com incremento de 100% sobre a área comercializada e a maior rodada de negócios da história do Sebrae RS. Isso mostra que expositores, empresas que participaram das rodadas e visitantes aceitaram o convite para romper definitivamente com a crise e caminhar rumo à retomada econômica”, afirma Godoy.

O Encontro Virtual de Negócios Internacionais, 100% on-line,  promovido pela FIERGS, por meio do Centro Internacional de Negócios (CIN-RS), teve 29 compradores provenientes de nove países da América Latina: Peru, Colômbia, Equador, Chile, México, Bolívia, Argentina, Guatemala e Paraguai; e também da Itália. Foram 125 reuniões realizadas, com 50 empresas brasileiras. Já a rodada de negócios do Sebrae RS foi realizada no ambiente do Salão de Negócios, com encontros nos formatos presencial e virtual, por meio do Projeto Comprador, com 3.143 agendas de negócios.

A próxima Mercopar acontecerá de 18 a 20 de outubro de 2022 e já conta com mais de 40% da área reservada, número superior ao mesmo período no ano passado.

 

Assista à matéria da TV FIERGS:

Publicado Friday, 8 October 2021 - 3h06