You are here

Encontro de oportunidades CEEE Equatorial é realizado na FIERGS

A CEEE Grupo Equatorial participou nesta quarta-feira (16) do Encontro de Oportunidades, realizado pela Federação das Indústrias do Estado do Rio Grande do Sul (FIERGS) por meio do Conselho de Articulação Empresarial e Sindical (Conase) e do Conselho de Infraestrutura (Coinfra). O evento propõe aproximar as indústrias do RS com a nova administradora de energia, incluindo uma rodada de negócios após as apresentações. “Objetivamente, o presente encontro se propõe a estimular a realização de negócios entre as indústrias gaúchas e a CEEE Equatorial, facilitando a interação entre clientes e fornecedores”, disse o vice-presidente da FIERGS e coordenador do Conase, Gilberto Ribeiro, que fez a abertura do evento.

O presidente da CEEE Equatorial, Raimundo Barreto Bastos, esteve presente no evento, e reforçou a importância do Rio Grande do Sul na expansão do grupo. “Essa é uma oportunidade de vocês conhecerem as nossas necessidades, e catalisar essa oportunidade em uma possibilidade de contratação. Nosso diretor corporativo está aqui, responsável pela aquisição e contratação de materiais e equipamentos e serviços para o grupo todo, em todo o país. Estamos expandindo muito, então teremos várias oportunidades para ser apresentadas às industrias do Rio Grande do Sul”, concluiu. O presidente do Conselho de Consumidores da CEEE, Thômaz Nunnenkamp, comentou sobre a quantidade de profissionais trazidos pelo grupo de energia. “Estamos com a Equatorial em peso, dando a importância do evento na FIERGS, como principal entidade representativa da indústria, através dos conselhos de infraestrutura e empresarial e sindical”, enfatizou. “Temos a expectativa que o Grupo Equatorial, no Rio Grande do Sul, permita destravar expressivos gargalos com a previsão de R$ 1,6 bilhões em investimentos nos próximos 5 anos”, ponderou.

Daniel de Souza Santiago, Superintendente Corporativo de Suprimentos do Grupo Equatorial, iniciou a palestra sobre a empresa, demonstrando em números e ações o quanto o grupo ainda pretende expandir, e por isso necessita de fornecedores experientes ou para capacitação. “Temos um desafio muito grande aqui na CEEE. Precisamos dar um salto de qualidade no fornecimento de serviços ao consumidor, e nós como suprimentos temos uma missão grande de criar uma cadeia de fornecimento, ter fornecedores que represente e atenda as reais necessidades do Estado”, resume. “Esse primeiro encontro é muito importante, esperamos por mais destes para desenvolver a indústria local, benéfico tanto para o Estado quanto para os negócios.”

Após a apresentação do Grupo CEEE Equatorial, incluindo propostas de investimentos e capacitação, números da expansão da empresa e parcerias para fornecedores, iniciaram-se as rodadas de negócios, com 30 empresas em cinco atendimentos individualizados pelo grupo de energia.

Publicado Wednesday, 16 March 2022 - 5h59
30/09/2022
Educação Empresarial
30/09/2022
Institucional