You are here

Pesquisa

Confiança do industrial gaúcho cai mas continua elevada

O industrial gaúcho continua vendo com boas perspectivas a situação de sua empresa e da economia brasileira. Mesmo com a queda de 3,8 pontos na comparação com dezembro de 2020, o Índice de Confiança do Empresário Industrial (ICEI-RS) de janeiro, divulgado nessa segunda-feira (25) pela Federação das Indústrias do Estado do Rio Grande do Sul (FIERGS) chegou a 62,3 pontos – varia de zero a cem, e quanto mais acima de 50, maior e mais disseminado é o otimismo entre as empresas.

Indústria gaúcha fecha 2020 confiante

Os industriais gaúchos terminam o ano com expectativa positiva para as suas empresas e em relação à economia do País. É o que revela o Índice de Confiança do Empresário Industrial (ICEI-RS), divulgado nessa quarta-feira (16) pela Federação das Indústrias do Estado do Rio Grande do Sul (FIERGS), crescendo um ponto ante novembro. Desde maio, o aumento foi de 34,1 pontos, alcançando 66,1 em dezembro. Todos os componentes do ICEI-RS – condições atuais e expectativas – subiram este mês. “Apesar do ano mais difícil da história, a indústria gaúcha fecha 2020 confiante.

Pesquisa da FIERGS revela que confiança do industrial gaúcho continua em patamar alto

O otimismo do industrial gaúcho com relação à economia brasileira e à própria empresa continua em patamar elevado, revela o Índice de Confiança do Empresário Industrial (ICEI-RS), divulgado pela Federação das Indústrias do Estado do Rio Grande do Sul (FIERGS), nesta quarta-feira (18). Atingiu 65,1 pontos em novembro, nível muito próximo de outubro, 64,9 pontos, e de setembro, 65,2 pontos.

Confiança do industrial gaúcho estabiliza em patamar elevado

A percepção do industrial gaúcho sobre a economia brasileira e a condição das empresas continua positiva, aponta pesquisa da Federação das Indústrias do Estado do Rio Grande do Sul (FIERGS). O Índice de Confiança do Empresário Industrial (ICEI-RS) de outubro, divulgado nessa quarta-feira (21), alcançou 64,9 pontos, mantendo estabilidade na comparação com setembro, quando foi de 65,2. Mas interrompeu quatro aumentos consecutivos, superiores a 33 pontos, depois do piso histórico de 32, em maio.

Confiança do empresário industrial gaúcho continua em expansão

Composto pela avaliação das condições atuais e pelas expectativas em relação à economia brasileira e às empresas, o Índice de Confiança do Empresário Industrial (ICEI-RS), divulgado nessa segunda-feira (21) pela Federação das Indústrias do Estado do Rio Grande do Sul (FIERGS), aumentou em setembro pelo quarto mês consecutivo. Chegou a 65,2 pontos, 8,5 acima de agosto, se distancia em 33,2 pontos do mínimo histórico de maio passado e fica a apenas 1,7 de fevereiro, patamar imediatamente anterior à pandemia.

Cresce a confiança do industrial gaúcho

O industrial gaúcho volta a ver com melhores perspectivas a situação de suas empresas e da economia no País. É o que aponta o Índice de Confiança do Empresário Industrial (ICEI-RS), que cresceu para 56,7 pontos em agosto, divulgado nesta quarta-feira (19) pela Federação das Indústrias do Estado do Rio Grande do Sul (FIERGS).  “Após um período de intensas dificuldades, os empresários gaúchos começam a perceber os reflexos positivos da flexibilização das restrições à circulação das pessoas e à atividade econômica.

Confiança do industrial gaúcho continua baixa, mas expectativa melhora para os próximos seis meses

O Índice de Confiança do Empresário Industrial (ICEI-RS) cresceu na pesquisa divulgada, nessa quarta-feira (22), pela Federação das Indústrias do Estado do Rio Grande do Sul (FIERGS). Passou de 42 pontos, em junho, para 49,1, em julho, a segunda alta expressiva seguida (17,1 pontos) após a queda histórica (-34,9) dos três meses anteriores. Porém, como o índice, que varia de 0 a 100, continua abaixo de 50 pontos, mostra falta de confiança ainda predominante entre os empresários, embora em recuperação.

Indústria gaúcha revela cenário menos adverso

Os índices de atividade da indústria gaúcha cresceram em maio na comparação com abril, quando atingiram seus pisos históricos. Mas como continuaram abaixo da linha dos 50 pontos, que varia de zero a cem, ainda mostram um quadro desfavorável para o setor, revela a Sondagem Industrial, divulgada nessa segunda-feira (29) pela Federação das Indústrias do Estado do Rio Grande do Sul (FIERGS). A evolução das expectativas para os próximos meses também permanece negativa, com empresários pouco dispostos a investir. “A indústria continuará sentindo os efeitos da grande queda na sua produção.

Indústria do RS recupera parte da confiança, mas expectativa continua negativa

Depois de cair por três meses consecutivos, o Índice de Confiança do Empresário Industrial (ICEI-RS), divulgado nessa quinta-feira (18) pela Federação das Indústrias do Estado do Rio Grande do Sul (FIERGS), cresceu dez pontos em junho, na comparação com maio, saltando para 42. Mesmo assim, em uma escala de zero a cem pontos, na qual os 50 separam a presença da ausência de confiança, o resultado revela que, apesar de menor, a falta de otimismo ainda predomina na indústria gaúcha.

Sondagem industrial registra indicadores com recordes negativos

Ao atingir 24,1 pontos em abril, o indicador de produção da Sondagem Industrial RS, divulgada nessa quarta-feira (27) pela Federação das Indústrias do Estado do Rio Grande do Sul (FIERGS), apontou queda de proporções inéditas. Foi o segundo recuo consecutivo, atingindo 72,1% do setor, cuja ociosidade alcançou 51% da capacidade produtiva. A pesquisa mostra que os impactos da pandemia chegaram ainda com mais força no mês passado, com os indicadores de atividade, todos abaixo dos 50 pontos, registrando novos recordes negativos.