AV. ASSIS BRASIL, 8787, SARANDI, PORTO ALEGRE-RS | CENTRAL DE ATENDIMENTO 0800 51 8555 

Você está aqui

Industrial gaúcho termina o ano com confiança recorde

Pesquisa

O industrial gaúcho termina 2018 com a expectativa em alta. Aos 65,5 pontos, o Índice de Confiança do Empresário Industrial (ICEI-RS), em dezembro, permaneceu estável em relação a novembro, quando havia registrado aumento recorde de 10,6 pontos. Desde o início da serie histórica, em 2010, nunca os empresários do RS encerraram um ano tão otimistas. “A elevada confiança indica para a aceleração da atividade do setor no primeiro semestre de 2019”, prevê o presidente da Federação das Indústrias do Rio Grande do Sul (FIERGS), Gilberto Porcello Petry.

O Índice de Condições Atuais (ICA) ratifica a melhora do cenário apontada em novembro, quando saltou 8,8 pontos e passou ao terreno positivo (56 pontos), crescendo novamente para 57,1, em dezembro, o maior valor para o último mês do ano da série histórica. O Índice de Condições da Economia Brasileira (ICA-EB) foi o subcomponente de maior crescimento e melhor avaliação: 3,3 pontos, alcançando 58. Já o Índice de Condições Atuais das Empresas (ICA-E) ficou praticamente estável em 56,5 pontos.

A estabilidade da confiança industrial decorre da combinação de melhora da avaliação das condições atuais e uma ligeira queda das expectativas. O ICEI-RS varia de zero a 100 pontos, sendo que, acima de 50, revela confiança, condições melhores e expectativas otimistas.

Também em relação aos próximos seis meses, os empresários industriais do Estado permanecem otimistas. O Índice de Expectativas (IE) passou de 70,2 em novembro para 69,8 pontos em dezembro, mas continua bem acima da marca divisória de 50 pontos e da média histórica (56). Os empresários gaúchos finalizam o ano otimistas com o futuro da economia brasileira (o índice foi 69,3 pontos em dezembro, ante 69,8 em novembro) e das suas empresas (70,4 pontos nos dois meses).

Para o ICEI-RS de dezembro, a FIERGS consultou 215 empresas, sendo 56 pequenas, 74 médias e 85 grandes, no período de 1º a 12 de dezembro. Mais informações em http://fiergs.org.br/pt-br/economia/indicador-economico/icei.