AV. ASSIS BRASIL, 8787, SARANDI, PORTO ALEGRE-RS | CENTRAL DE ATENDIMENTO 0800 51 8555 

Você está aqui

Processo de modernização do setor de gás natural no País será discutido em evento na FIERGS

Desenvolvimento

Para discutir o processo de modernização do setor de gás natural e o andamento das propostas em tramitação no Congresso Nacional, a Federação das Indústrias do Estado do Rio Grande do Sul (FIERGS), por meio do Conselho de Infraestrutura (Coinfra), e a Confederação Nacional da Indústria (CNI), promovem o evento Gás Natural: preços competitivos e disponibilidade. Será em 15 de abril, às 9h, e voltado a representantes de empresas industriais, governo e demais agentes do setor. 

Atualmente, o custo da energia, que já serviu de estímulo à competitividade, é visto pela indústria brasileira como uma barreira para a expansão do setor. Por isso, a Confederação Nacional da Indústria (CNI) e a FIERGS decidiram debater neste evento o projeto substitutivo do PL 6.407/2013, que busca reformar o setor do gás para aumentar a sua competitividade. Segundo a Associação Brasileira de Grandes Consumidores Industriais de Energia e de Consumidores Livres (Abrace), parceira na realização do encontro na FIERGS, o preço do gás natural para o setor industrial no Brasil é um dos mais elevados do mundo. Em alguns casos, chega a ser três vezes mais alto que nos Estados Unidos. Os valores no Brasil variam de US$ 8 a US$ 12 por milhões de BTU, enquanto nos Estados Unidos a média, em 2018, foi de US$ 3 MI/BTU.

Ainda, segundo a Abrace, a produção de gás natural no Brasil é altamente concentrada, mesmo com a realização de leilões em áreas exploratórias. Cerca de 30 empresas atuam na exploração e produção de gás, mas apenas seis são responsáveis por produzir 94% deste insumo. Mesmo com o setor industrial responsável por 50% do total de mercado de gás natural, o preço final vendido à indústria incorpora custo de transporte e distribuição elevados, além de carga tributária alta.


Confira a programação do workshop Gás Natural: Preços Competitivos e Disponibilidade

9h – Abertura
. Ricardo Lins Portella Nunes, diretor da FIERGS e coordenador do Conselho de Infraestrutura da Federação
. Fillipe Soares, diretor técnico da Abrace
. Wagner Cardoso, Gerente-Executivo de Infraestrutura da CNI
. Márcio Félix, secretário de Petróleo, Gás e Biocombustíveis do Ministério de Minas e Energia 

9h40min  – Gás natural e a competitividade da indústria 
. Adrianno Lorenzon, coordenador da área de gás natural da Abrace

10h10min – Debate

10h40min – Tramitação do projeto de lei do gás natural no Congresso
. Andrea Haggstram, especialista em Políticas e Indústria da CNI

10h55min – Desafios à consolidação da abertura do mercado de gás natural no Brasil
. Márcio Félix, secretário de Petróleo, Gás e Biocombustíveis do Ministério de Minas e Energia

11h25min – Debate

12h30min – Encerramento

Informações sobre o evento podem ser obtidas em coinfra@fiergs.org.br ou (51) 3347-8749.