AV. ASSIS BRASIL, 8787, SARANDI, PORTO ALEGRE-RS | CENTRAL DE ATENDIMENTO 0800 51 8555 

Você está aqui

CNI

Presidente da FIERGS, Paulo Tigre, representa a CNI em encontro promovido pela Organização das Nações Unidas, em Sevilha

Lideranças empresariais e políticas da América Latina e do Caribe estão reunidas em Sevilha, na Espanha, para debater a importância da aliança público-privado e as alternativas para a inovação e o desenvolvimento do setor exportador. O segmento fabril brasileiro está representado pela Confederação Nacional da Indústria (CNI), através do presidente da FIERGS, Paulo Tigre.

Para a Federação das Indústrias do Rio Grande do Sul, a CPMF pode ser extinta hoje. A afirmação do presidente da FIERGS, Paulo Tigre, foi feita na reunião-almoço realizada nesta segunda-feira (13) e que marcou os 70 anos da entidade. Ele explicou que se o Governo Federal fixar sua despesa no patamar de 2002, isto é de 15% do PIB, economizará R$ 49 bilhões por ano.

Presidente Paulo Tigre integra comitiva com ministro Celso Amorim

A indústria brasileira estará representada na Índia pelo presidente da Federação das Indústrias do Rio Grande do Sul (FIERGS), Paulo Tigre. A convite do ministro das Relações Exteriores, Celso Amorim, o industrial integra, por delegação da Confederação Nacional da Indústria (CNI), a comitiva oficial do País em Nova Delhi.

A promoção do associativismo vai fortalecer as entidades

Fortalecer a representatividade dos sindicatos das indústrias para o desenvolvimento da economia é o principal objetivo do Programa de Promoção Associativa Sindical, lançado na terça-feira (10/4) pela Federação das Indústrias do Rio Grande do Sul (FIERGS), com apoio da Confederação Nacional das Indústrias (CNI). O presidente em exercício da FIERGS, Attilio Bilibio, abriu o evento com uma mensagem do presidente da entidade, Paulo Tigre, antecipando que o sucesso da iniciativa depende do envolvimento dos sindicatos.

Presidente da FIERGS afirma que o setor industrial será atuante

Representantes do setor privado que integram o Fórum Nacional da Indústria decidiram, nesta quinta-feira, que apoiarão o Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) do Governo Federal. No entanto, os industriais ficarão vigilantes e acompanharão a gestão do programa. A decisão foi tomada durante encontro do Fórum, órgão consultivo da diretoria da Confederação Nacional da Indústria (CNI), formado por representantes das federações de indústrias e das associações nacionais setoriais.

A governadora eleita Yeda Crusius e o presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, participaram da posse solene da nova Diretoria da Confederação Nacional da Indústria, tendo o presidente da FIERGS, Paulo Tigre, como um dos vice-presidentes da entidade nacional.