AV. ASSIS BRASIL, 8787, SARANDI, PORTO ALEGRE-RS | CENTRAL DE ATENDIMENTO 0800 51 8555 

Você está aqui

desenvolvimento

A sociedade gaúcha tem pressa em relação à aprovação de reformas que recoloquem o Rio Grande do Sul no caminho do desenvolvimento sustentado.

Qualquer atraso nesta agenda, além de adiar as mudanças, frustra as expectativas da maioria da população que elegeu o atual Governo do Estado, justamente, para promover as reformas, e que foram amplamente debatidas durante o período eleitoral de 2018.

O presidente da Federação das Indústrias do Rio Grande do Sul (FIERGS), Gilberto Porcello Petry, foi recebido pelo governador do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite, na manhã desta quarta-feira (13). Na primeira audiência com uma entidade empresarial, o governador recebeu do presidente da FIERGS o apoio da entidade para medidas que culminem no desenvolvimento do Estado. “A finalidade principal da federação é ajudar o Estado a recuperar o desenvolvimento econômico”, declarou. 

Profissionais da indústria, representantes de universidades, sindicatos, associações e agentes de fomento se encontrarão, no dia 20 de novembro, na Federação das Indústrias do Rio Grande do Sul (FIERGS). Em debate estarão formas de se viabilizar projetos de desenvolvimento e a adoção de tecnologia no ambiente de produção 4.0 na manufatura avançada, envolvendo provedores de soluções e instituições detentoras de infraestrutura tecnológica.

Desmistificar a indústria 4.0 e mostrar que seu uso, por meio de tecnologias digitais, pode aumentar a produtividade das empresas foram as principais mensagens do evento Desvendar 4.0, promovido pelo Senai e realizado no final da tarde desta quarta-feira simultaneamente em todo o Brasil. No Rio Grande do Sul, o Instituto Senai de Inovação em Soluções Integradas em Metalmecânica, em São Leopoldo, e o Instituto Senai de Tecnologia em Mecatrônica, em Caxias do Sul, receberam o evento.

Elaborada pelo Grupo de Política Industrial da Federação e do Centro das Indústrias do Rio Grande do Sul (FIERGS/CIERGS), a Plataforma de Compromissos para um Brasil Industrial será apresentada na próxima terça-feira (18), às 11h, na sede da FIERGS. As ações de curto prazo, que colocam a indústria no papel central no processo de desenvolvimento do Brasil e do Rio Grande do Sul, fazem parte do posicionamento do Sistema FIERGS a ser encaminhado aos candidatos à Presidência da República e ao governo do Estado.

Lideranças empresariais do Rio Grande do Sul, Santa Catarina e Paraná vão reforçar a mobilização pela criação de fundo para viabilizar recursos voltados ao desenvolvimento da Região Sul. A decisão foi tomada durante reunião do Fórum Empresarial Sul, que congrega as entidades empresariais dos três estados, realizada na Federação das Indústrias de Santa Catarina (FIESC), em Florianópolis, nesta segunda-feira (9).

A Federação das Indústrias do Rio Grande do Sul (FIERGS) lamenta que a tramitação da proposta da Reforma da Previdência, que altera as regras para aposentadorias em todo o País, tenha sido suspensa. “A FIERGS, no entanto, não abandonará esse tema, que é um gargalo das contas públicas. E não haverá desenvolvimento econômico e social sem que as finanças estejam equilibradas”, diz o presidente da entidade, Gilberto Porcello Petry.

A reunião conjunta dos Conselhos de Meio Ambiente (Codema), Infraestrutura (Coinfra) e do Comitê de Base Florestal e Moveleira (Combase) da FIERGS, nesta terça-feira (9), debateu junto com a secretária do Ambiente e Desenvolvimento Sustentável (Sema) do Estado, Ana Pellini, o Zoneamento Ecológico Econômico (ZEE).  O coordenador do Codema, Walter Fichtner, que conduziu a reunião, destacou a apreensão da indústria com o tema. “O Rio Grande do Sul já teve uma experiência de zoneamento que veio a ser amplamente restritiva a uma atividade produtiva.

A cultura do coaching tira as pessoas da zona de conforto, é a cultura da evolução humana. Assim o coach Alexandre Prates definiu na palestra A Cultura do Coaching na Construção de Times de Alta Performance, no Diálogos para o Futuro 2017, realizado nesta manhã no Centro de Eventos da FIERGS, com promoção do IEL-RS.  “A intenção é buscar o desenvolvimento e o aprimoramento constante das pessoas e, consequentemente, tornando a empresa mais produtiva, mais vibrante e os colaboradores mais engajados.

Com o objetivo de apoiar o desenvolvimento de estruturas e processos de inovação, a Federação das Indústrias do Rio Grande do Sul, em parceria com a Confederação Nacional da Indústria e o Sebrae, lançou nesta quarta-feira a Consultoria de Inovação para Micro e Pequenas Empresas.