AV. ASSIS BRASIL, 8787, SARANDI, PORTO ALEGRE-RS | CENTRAL DE ATENDIMENTO 0800 51 8555 

Você está aqui

ICEI-RS

 
Depois de cinco altas consecutivas, e de alcançar em março o maior nível em 14 meses (40,6 pontos), o Índice de Confiança do Empresário Industrial (ICEI-RS), divulgado pela Federação das Indústrias do Rio Grande do Sul (FIERGS), voltou a cair em abril. Atingiu 39,5 pontos, o que faz o ciclo de falta de confiança chegar a 25 meses. “O curto período de aumento da confiança, decorrente do ajuste nos estoques e da desvalorização cambial, não se sustentou.
O Índice de Confiança do Empresário Industrial gaúcho (ICEI-RS) registrou um ligeiro crescimento na passagem de novembro para dezembro, de 44,0 pontos para 44,2. No entanto, o indicador continuou, pelo nono mês consecutivo, abaixo de 50 pontos, mostrando que o setor termina o ano pessimista. “A leve alta mensal está longe de apontar qualquer alteração no quadro de falta de confiança que predomina desde o início do segundo trimestre.

Após duas altas consecutivas, o Índice de Confiança do Empresário Industrial (ICEI/RS) no Estado registrou queda em outubro (51,2 pontos) em comparação com setembro (53,4 pontos). "O setor industrial continua sofrendo com um cenário pouco favorável, expresso nos juros crescentes, no baixo crescimento, na instabilidade cambial e na inflação elevada. Diante dessa conjuntura, o empresário tem adotado uma posição de maior cautela em relação ao futuro", afirmou o presidente da Federação das Indústrias do Rio Grande do Sul (FIERGS), Heitor José Müller.

O Índice de Confiança do Empresário Industrial no Rio Grande do Sul (ICEI-RS), divulgado nesta terça-feira (28) pela Federação das Indústrias do Rio Grande do Sul (FIERGS), sinaliza que a crise internacional ainda influencia a percepção dos empresários. O indicador, medido trimestralmente, atingiu os 47 pontos e, embora tenha aumentado em comparação com a última pesquisa divulgada em janeiro, o resultado é o pior para o mês abril em toda a série histórica iniciada em 2001. Os valores ficam no intervalo entre 0 e 100 pontos e, abaixo de 50, indicam pessimismo.