AV. ASSIS BRASIL, 8787, SARANDI, PORTO ALEGRE-RS | CENTRAL DE ATENDIMENTO 0800 51 8555 

Você está aqui

liderança

O presidente da FIERGS, Heitor José Müller, em reunião com empresários no Vale do Rio Pardo destacou o custo invisível da burocracia do País. "No Brasil é preciso 100 pessoas para apurar um imposto que nos Estados Unidos é feito por duas", disse na Alliance Onde Brasil, em Venâncio Aires. Conforme ele, este é um dos gargalos que merece atenção da sociedade. "A educação, a infraestrutura e logística, energia e até na área jurídica há lacunas que devem ser atacadas para uma maior eficácia e desenvolvimento econômico e social", salientou.

O presidente da FIERGS, Heitor José Müller, esteve em audiência com o ministro da Ciência, Tecnologia e Inovação, Marco Antônio Raupp, nesta terça-feira, em Brasília, quando tratou dos programas de estímulo do ministério à pesquisa e desenvolvimento de produtos. O ministro virá para reunião na entidade, quando apresentará os incentivos praticados no País e voltados para as inovações que gerem valor agregado à pauta produtiva do Rio Grande do Sul.

Os presidentes da FIERGS, Heitor José Müller; da Farsul, Carlos Sperotto; da FCDL, Vitor Augusto Koch; da Fecomércio-RS, Zildo de Marchi; da Federasul, Ricardo Russowsky; e da Fetag, Elton Weber, se reuniram com o governador Tarso Genro nesta segunda-feira, no Palácio Piratini. Em pauta, os projetos de lei da Irrigação (PL 60/2013), do Fundoleite (PL 117/2013), além dos anteprojetos do Fundocarne e da Silvicultura.

Solicitar a prorrogação do benefício do crédito presumido de 2% no ICMS para vendas interestaduais do setor calçadista, que vence em 31 de maio. Esse foi o objetivo da reunião entre o presidente da FIERGS, Heitor José Müller, representantes do setor, com o governador Tarso Genro. O incentivo, que segundo os empresários impulsionou as vendas deste ano até o momento, foi concedido pelo governo do Rio Grande do Sul no dia 9 de janeiro. A medida visa à aproximação com a alíquota cobrada em outras unidades da Federação, devolvendo competitividade aos produtores gaúchos no mercado interno.

A psicóloga Andrea Sebben, professora convidada da FGV e autora de obras como Expatriados.com e Mais Pontes, Menos Barreiras, vai conduzir o workshop Gestão e Liderança Intercultural, promovido pelo Instituto Euvaldo Lodi (IEL-RS), integrante do Sistema FIERGS, dia 26 de março, a partir das 8h, na sede da FIERGS. A intenção é apresentar uma nova concepção das relações interculturais dentro das empresas e seu impacto no sucesso das equipes multiculturais, além de alavancar diferenças culturais maximizando os recursos e o potencial de uma equipe com esta característica.}

Empresários de Rio Grande e Pelotas se reuniram com o presidente da Federação das Indústrias do Rio Grande do Sul, Heitor José Müller, na segunda-feira (19). Pela manhã, em Rio Grande, Müller ouviu pedidos de apoio feitos pelo presidente da Câmara de Comércio do Rio Grande, Renan Gutterres Lopes, e pelo diretor da Câmara de Comércio, Torquato Ribeiro Pontes Neto.

As Federações das Indústrias do Rio Grande do Sul (FIERGS), da Agricultura (Farsul), do Comércio de Bens e de Serviços (Fecomércio) e das Câmaras de Dirigentes Lojistas (FCDL) entregaram ao governador Tarso Genro, na quinta-feira (25), estudo que aponta os impactos econômicos do salário mínimo do Estado. Com o reajuste de 14,75% concedido em março, a faixa inicial do piso será de R$ 700,00.

A intercultura tem três regras básicas: 1) o que é válido aqui não o é necessariamente em outro local, 2) não se deixe levar pelas aparências e 3) trate os outros como eles querem ser tratados. Esta foi a mensagem da psicóloga Andrea Sebben no Meeting Competência Intercultural - Elemento Chave para a Liderança, promovido pelo Instituto Euvaldo Lodi (IEL-RS) na sede da FIERGS. Sebben é autora do livro Expatriados.com − um novo desafio para os Interculturais.

O ministro da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Mendes Ribeiro Filho, recebeu em 29 de fevereiro, em Brasília, o presidente da Federação das Indústrias do Rio Grande do Sul (FIERGS), Heitor José Müller. Na ocasião, o ministro apresentou ao grupo o projeto de regionalização do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), que está sendo criado, e entregou o relatório de atividades relativo ao segundo semestre de 2011.

Antes de participar da abertura da 29ª Festa da Uva com a presidenta Dilma Rous­seff, em Caxias do Sul, o ministro da Agricultura, Mendes Ribeiro Filho, falou para empresários na Câmara de Indústria, Comércio e Serviços (CIC) sobre Cenário e Perspectivas do Agronegócio Brasileiro. Destacou que o governo está desenhando uma nova política agrícola para o Brasil, com três objetivos básicos: garantir a produção de alimentos seguros e de qualidade, proporcionar crescimento econômico e novas oportunidades e contribuir para a sustentabilidade ambiental.