AV. ASSIS BRASIL, 8787, SARANDI, PORTO ALEGRE-RS | CENTRAL DE ATENDIMENTO 0800 51 8555 

Você está aqui

liderança

A Federação das Indústrias do Rio Grande do Sul e o governo federal firmaram uma parceria durante o lançamento da Rede Brasil Rural, realizado pela presidenta Dilma Rousseff, na terça-feira (13), em Porto Alegre. O ministro do Desenvolvimento Agrário, Afonso Florence, e o presidente da FIERGS, Heitor José Müller, assinaram um acordo de cooperação técnica.

A definição da proposta de reajuste do Piso Regional ocorrerá no início da próxima semana. A informação foi dada pelo governador Tarso Genro a representantes empresariais em reunião realizada na manhã desta quarta-feira (14), no Palácio Piratini. Para que haja essa definição, integrantes do governo irão avaliar estudos técnicos encaminhados pelas instituições do setor industrial, de comércio e serviços. O presidente da FIERGS, Heitor José Müller, recebeu do chefe do Executivo um documento com argumentos que defendem a valorização do benefício.

O Rio Grande do Sul vai sediar a primeira fábrica da indiana CG Power Systems da América Latina. O investimento previsto na planta industrial de transformadores de energia e disjuntores, em Guaíba, é de aproximadamente R$ 43 milhões, mas há possibilidade de ser ampliado. O principal executivo da empresa, Laurent Demortier, esteve nesta sexta-feira na sede FIERGS, onde se reuniu com o presidente da entidade, Heitor José Müller, após participar do lançamento da pedra fundamental da obra.

Desde a manhã desta quinta-feira, 55 empresarios e executivos de todo o Brasil estão reunidos no interior de Bento Gonçalves, na Serra, participando do Programa de Excelência em Liderança com a Graduate School Business Stanford, uma das três melhores escolas de negócios do mundo. O curso, realizado pelo Instituto Euvaldo Lodi (IEL-RS), em parceria com o IEL Nacional, aborda os novos aspectos da liderança no âmbito global. É o segundo evento do gênero realizado com currículo específico, adaptado às aspirações dos empresários brasileiros.

Em uma reunião na manhã desta quarta-feira(dia 22), no Palácio Piratini com o governador do Estado, Tarso Genro, o presidente da Petrobras, Sérgio Gabrielli apresentou o plano de desenvolvimento da companhia até 2014. Além disso, convocou a indústria do Rio Grande do Sul a aumentar a sua participação no fornecimento de bens e serviços para a multinacional.

O presidente da FIERGS, Paulo Tigre, levou ao ministro do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC), Fernando Pimentel, nesta quarta-feira (12), em Brasília, um conjunto de questões para o fortalecimento da indústria do Rio Grande do Sul e para a competitividade da economia nacional. "Posicionei ao ministro as características da industria gaúcha, cujas realidades precisam ser consideradas muitas vezes através de medidas e programas setoriais", disse Tigre ao final do encontro.

O presidente da FIERGS, Paulo Tigre, e o ministro do Desenvolvimento, Fernando Pimentel, se reunirão nesta quarta-feira (12), em Brasília. No encontro serão tratadas as questões prioritárias para o fortalecimento do setor industrial gaúcho, cujos itens foram elaborados pela Diretoria e pelos Conselhos Temáticos da entidade, em parceria com os sindicatos das indústrias do Estado.

Durante esta sexta-feira aconteceu a oitava edição do Programa Conhecendo a Indústria, criado pelo Sistema FIERGS para apresentar a realidade do setor fabril gaúcho a integrantes do Poder Judiciário e do Ministério Público. Depois de mostrar, em outras edições, o funcionamento de empresas da Serra Gaúcha, Vale do Sinos e Grande Porto Alegre, desta vez a iniciativa foi ao Vale do Caí, na cidade de Montenegro. "Esta é uma experiência de sucesso.

A partir da reunião do Conselho de Representantes da Federação das Indústrias do Rio Grande do Sul, realizada na terça-feira, dia 9, e em sintonia com a Confederação Nacional da Indústria (CNI), a FIERGS está iniciando uma mobilização contra a volta da Contribuição Permanente sobre a Movimentação Financeira (CPMF). A proposta da entidade é de que os sindicatos filiados, associações industriais, centros e câmaras se dirijam aos parlamentares do atual Congresso Nacional e aos eleitos para evitar a recriação do tributo.

Na última quarta-feira, o governador eleito Tarso Genro recebeu um caderno de propostas e uma carta de compromisso dos integrantes da Agenda 2020 com a futura administração. Em um evento no Hotel Plaza São Rafael, mais de 500 pessoas de 165 entidades envolvidas no projeto acompanharam a apresentação de cinco pontos considerados prioritários para que o Estado consiga melhorar sua situação econômica e social: Previdência, Investimento, Parques Tecnológicos, Infraestrutura e Educação Básica.