AV. ASSIS BRASIL, 8787, SARANDI, PORTO ALEGRE-RS | CENTRAL DE ATENDIMENTO 0800 51 8555 

Você está aqui

negócios

“A confirmação da maior negociação internacional da qual o Brasil já fez parte poderá ser o caminho para muitas indústrias ampliarem seus negócios no velho continente”, disse o presidente em exercício da Federação das Indústrias do Estado do Rio Grande do Sul (FIERGS), Gilberto Ribeiro, ao analisar o acordo do Mercosul com a União Europeia, firmado nessa sexta-feira (28), em Bruxelas.

O embaixador da República da Macedônia do Norte, Ivica Bocevski, participou de encontro com o presidente da FIERGS, Gilberto Porcello Petry, nessa segunda-feira (24), na sede da entidade. O objetivo foi o de apresentar a Macedônia como local para a realização de negócios e investimentos futuros com parceiros gaúchos, especialmente em produtos agrícolas e no setor automotivo e de autopeças.

A FIERGS, por meio do Conselho de Comércio Exterior (Concex), e a Câmara Empresarial Argentino-Brasileira, realizam o evento Perspectivas Econômicas e Oportunidades de Negócios Brasil e Argentina, na próxima quarta-feira (15), às 9h. Aos participantes, serão expostos temas como o mercado argentino e os setores industriais do RS atrativos para aquele país, além das perspectivas econômicas e oportunidades de negócios entre as duas nações.

As projeções econômicas, retrospectivas das negociações coletivas na indústria, orientações gerais para as negociações coletivas e a contribuição negocial foram abordadas por especialistas no Seminário de Negociações Coletivas 2019. Realizado nesta segunda-feira (25), na Federação das Indústrias do Estado do Rio Grande do Sul (FIERGS), o evento reuniu representantes de sindicados industriais.

Fintechs são startups financeiras, novos modelos de negócios que começam a ganhar escala e competitividade no País. Em função disso, e de um mercado promissor que poderá movimentar US$ 24 bilhões nos próximos anos, a Federação das Indústrias do Estado do Rio Grande do Sul (FIERGS), por meio do Núcleo de Acesso ao Crédito (NAC) e o Instituto Euvaldo Lodi (IEL-RS), realiza em 3 de abril, o seminário Fintechs – Oportunidades de Crédito para as Indústrias.

Empresas gaúchas ainda podem se inscrever para o evento com o embaixador do Chile no Brasil, Fernando Schmidt, que apresentará as oportunidades de negócios para o Rio Grande do Sul surgidas a partir do acordo de livre comércio assinado entre os dois países, em novembro do ano passado. Será no dia 12 de fevereiro, às 15h30min, na FIERGS, que por meio do Conselho de Comércio Exterior (Concex)  promove o encontro juntamente com o Consulado do Chile no Estado, e apoio da Câmara de Comércio e Indústria Brasil Chile/RS.

A transformação digital é uma realidade que não pode ser ignorada. Por isto, o Instituto Euvaldo Lodi (IEL-RS) tem como foco para 2019, preparar as empresas e seus líderes para enfrentar este desafio. “O IEL-RS, por meio de workshops e consultorias, vai mostrar caminhos para essas mudanças, e apresentar seus impactos nos processos produtivos e modelos de negócios, além de discutir as oportunidades que aparecem com a nova era, e o que ela está colocando em evidência”, explica o superintendente do IEL-RS, Carlos Zuanazzi.

A indústria 4.0, como é conhecida a integração do mundo físico e virtual por meio de tecnologias digitais, vai mudar a forma de produzir, gerar novos negócios e transformar o mercado de trabalho. O uso de recursos como internet das coisas, big data e inteligência artificial também pode aumentar a produtividade das empresas.

O Instituto Euvaldo Lodi promove nos dias 17 e 25 de setembro e 11, 18 e 30 de outubro, na sede da FIERGS, o workshop de Inovação Toolbox. Em cinco encontros a intenção é auxiliar as empresas a potencializar o desenvolvimento de soluções inovadoras aos desafios de seus negócios. Ao longo do workshop serão experimentadas metodologias e práticas para estimular a criação de soluções por meio de diversos e novos pontos de vista. Ao final das 20 horas de capacitação, as empresas participantes terão, no mínimo, um novo modelo de negócio para ser desenvolvido.

A agenda de internacionalização possui muitas barreiras envolvendo a infraestrutura, a logística e a tributação. Esse foi um dos assuntos abordados na terça-feira (7), no evento Sul for Export, realizado pelo Grupo Amanhã, com apoio das Federações das Indústrias do Rio Grande do Sul (FIERGS), Santa Catarina (FIESC) e Paraná (FIEP), em Florianópolis.