Você está aqui

Apex-Brasil e FIERGS capacitam empresas para comércio exterior

Até o final deste ano, micro, pequenas e médias empresas do Rio Grande do Sul poderão começar a participar do Projeto Extensão Industrial Exportadora (Peiex), lançado na tarde desta terça-feira (dia 7), em uma parceria da Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil) com a Federação das Indústrias do Rio Grande do Sul (FIERGS), por meio do Instituto Euvaldo Lodi (IEL-RS). O presidente da Apex-Brasil, Alessandro Teixeira, anunciou na sede da FIERGS que o investimento previsto para o Estado é de R$ 2,3 milhões e deverá beneficiar aproximadamente 1,3 mil indústrias gaúchas.

O Peiex é um programa de incremento à competitividade e à promoção de exportações e foi criado especialmente para orientar e prestar consultoria às empresas que ainda estão fora do processo de internacionalização e que desejam ver seus produtos consumidos em outros países. "O objetivo é prepará-las para o mercado exterior, do mais exigente ao menos exigente, fazendo com que ganhem competitividade e diversifiquem seus mercados", adiantou Teixeira. Para fins de implantação do projeto, FIERGS e Apex-Brasil assinaram a parceria no final da tarde desta terça-feira.

A partir de agora, serão compostos núcleos na Região Metropolitana de Porto Alegre e na Serra, em uma primeira fase. Já numa etapa posterior, mais quatro chegarão ao Vale do Taquari, Vale do Caí, Vale do Rio Pardo, Região Central, Vale do Rio dos Sinos, Vale do Paranhana e Hortênsias. As empresas interessadas deverão se inscrever nestes núcleos, que estarão estabelecidos e em operação até dezembro.

Consultores visitarão cada empresa para conhecer suas necessidades, estabelecendo o diagnóstico e empreendendo as modificações necessárias. A partir daí até a preparação total da empresa, capacitando-a para se tornar uma exportadora, deverão correr cerca de seis meses. Os empresários receberão orientação sobre captação de recursos e inovação científica e tecnológica.

Além do Rio Grande do Sul, mais seis Estados serão incluídos no projeto até dezembro: Bahia, Ceará, Minas Gerais, Paraná, Pernambuco e Sergipe. Até o final de 2009, deverá abranger cerca de 5 mil empresas em todo o País, com mais de R$ 8 milhões em investimentos.

Publicado Terça-feira, 7 de Outubro de 2008 - 0h00
30/09/2022
Educação Empresarial
30/09/2022
Institucional