Você está aqui

Exportações

Exportações gaúchas têm crescimento inexpressivo 

As exportações totais do Rio Grande do Sul somaram US$ 1,79 bilhão e apresentaram um crescimento muito pequeno em maio, na comparação com o mesmo mês do ano passado: 0,6%. Em uma análise desagregada, o grupo das commodities (totalizando US$ 718 milhões) caiu 1,1%. A indústria de transformação, por sua vez, embarcou US$ 1,05 bilhão, incremento de apenas 1,2%, bem inferior ao do Brasil no período, que foi de 4,5%.

Exportações da indústria crescem 3,6%

Influenciadas positivamente pelas commodities, que subiram 36% e somaram US$ 605 milhões, as exportações totais do Rio Grande do Sul aumentaram 14,8% em abril, na comparação com o mesmo mês do ano passado. Totalizaram US$ 1,51 bilhão. A soja foi o principal produto do grupo, com US$ 551 milhões, um acréscimo de 35,3% na mesma base de comparação, com compras especialmente da China.

Aumento dos embarques industriais (8,9%) é o maior desde 2011

De janeiro a março, as exportações do Rio Grande do Sul somaram US$ 3,32 bilhões, 18,1% a mais em relação ao mesmo período de 2016. O grupo das commodities exerceu a maior contribuição positiva para o resultado, ao crescer 104,3% e totalizar US$ 564 milhões por conta da supersafra de soja: +235,6%. A indústria embarcou US$ 2,73 bilhões, o que representou 8,9% a mais nessa base de comparação – a maior taxa já registrada para o período desde 2011 (27,6%).

FIERGS e Apex-Brasil preparam empresas para a exportação

A Federação das Indústrias do Rio Grande do Sul e a Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil) ampliaram a parceria para inserir as micro e pequenas empresas gaúchas no mercado internacional. Por meio do Programa de Qualificação para Exportação (Peiex), 480 empresas distribuídas na Região Metropolitana de Porto Alegre e na Serra receberão atendimento gratuito nos próximos 30 meses. O convênio foi firmado, nesta quarta-feira (29), na FIERGS, pelo presidente da entidade, Heitor José Müller, e o presidente da Apex-Brasil, Roberto Jaguaribe.

Exportações da indústria gaúcha têm a maior alta desde 2011

Ao somarem US$ 934 milhões em fevereiro, as exportações do Rio Grande do Sul registraram um crescimento de 8,7% na comparação com o mesmo período de 2016. O grupo das commodities aumentou 17,4% (totalizando US$ 81 milhões). Se, por um lado, a soja caiu 2%, o trigo subiu 111,8%. Já o setor industrial embarcou US$ 846 milhões – 90,6% do total exportado –, um incremento de 8,3%, o maior já registrado desde 2011 no mês, quando alcançou 21,3%. “Estamos apenas devolvendo uma parte dos prejuízos sofridos ao longo dos últimos meses.

México apresenta oportunidades de negócios a empresários gaúchos

Brasil e México intensificam as tratativas para estreitar suas relações comerciais. Por conta disso, a Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil), em parceria com a Federação das Indústrias do Rio Grande do Sul, realiza na próxima terça-feira, 14 de março, evento sobre o crescente potencial de comércio exterior entre os dois países latino-americanos.