AV. ASSIS BRASIL, 8787, SARANDI, PORTO ALEGRE-RS | CENTRAL DE ATENDIMENTO 0800 51 8555 

Você está aqui

méxico

O Rio Grande do Sul avança nos preparativos para captar mais oportunidades comerciais no México. O potencial mercado daquele país foi detalhado nesta terça-feira (14), para empresários na Federação das Indústrias do Rio Grande do Sul (FIERGS), em Porto Alegre. A entidade é parceira em evento realizado pela Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil).

Brasil e México intensificam as tratativas para estreitar suas relações comerciais.
A participação da Federação das Indústrias do Rio Grande do Sul (FIERGS) nas atividades da Coalizão Empresarial Brasileira (CEB) junto ao governo federal rendeu neste início de 2017 uma boa perspectiva para indústrias interessadas em negócios com o exterior.

A retomada do acordo Brasil-México, que prevê a isenção de tarifas na comercialização entre os dois países, foi debatida entre o cônsul-geral do México em São Paulo, José Gerardo Hernândez, e o vice-coordenador do Conselho de Relações Internacionais e Comércio Exterior da FIERGS, Frederico Dürr, na quarta-feira. Hernândez, que esteve na sede da FIERGS acompanhado do conselheiro comercial do México, Juan Pinto Ribeiro, defendeu a ampliação do atual acordo que beneficia as vendas de automóveis de ambos os países a todos os outros setores.

Na área de comércio exterior, os acordos comerciais do Brasil com o México e do Mercosul com a União Européia estão entre as prioridades da indústria do Rio Grande do Sul para o ano de 2011. Para tratar do tema, o diretor do departamento da Aladi e Integração Econômica Regional do Ministério das Relações Exteriores, Paulo Roberto França, se reuniu nesta segunda-feira, dia 24, com o presidente da FIERGS, Paulo Tigre e também participou de um encontro de trabalho com representantes de 11 setores da economia gaúcha.

A Federação das Indústrias do Rio Grande do Sul (FIERGS) está realizando um levantamento dos setores com interesse em ampliar o comércio com o México, através de reduções tarifárias e acordos econômicos. O objetivo é encaminhar as demandas do setor industrial gaúcho para o Governo Federal, que está em processo de negociação com o país da América do Norte.

Modelo da instituição brasileira é considerado exemplar pelos visitantes

Cerca de 15 pessoas, entre dirigentes e alunos do Colégio Nacional de Educação Profissional Técnica do México(Conalep), estão no Estado para conhecer a estrutura do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial do Rio Grande do Sul e alguns cursos desenvolvidos pela entidade, considerados referência nacional em qualidade.